sábado, dezembro 31, 2005

Ruben Faria brilha na 1.ª etapa do Dakar



Comprovando todas as suas capacidades, o "mótard" algarvio Rúben Faria deu espectáculo e brilhou na etapa inaugural do Lisboa-Dakar!

Mais notícias sobre a participação dos restantes algarvios no Barlavento, onde seleccionámos esta foto de Nuno Loureiro, e informação sempre actualizada no sítio oficial da prova...

Neste domingo, esperam-se milhares de algarvios e forasteiros nas pistas da serra do Caldeirão para "empurrar" os participantes!!!

sexta-feira, dezembro 30, 2005

Ricardo Dias a caminho do Europeu!


O jovem tavirense Ricardo Dias mereceu a confiança do seleccionador nacional Mats Olsson e está convocado para a fase final de preparação do Campeonato Europeu da Suiça!

De Lisboa a Dakar com passagem pelo Algarve...


A maior aventura automobilística do mundo começa na próxima madrugada, com a caravana a rumar a sul, com passagem garantidas pelas terras algarvias durante este fim-de-semana...

Para acompanhar a prova e a prestação dos participantes portugueses, para além do
sítio oficial, recomendo-vos alguns sítios que prometem acompanhar a prova: Lisboa-Dakar, Região Sul, Automotor, Tudo Sobre Rodas, Eurosport, Rádio Renascença, Auto Hoje ou na TSF...

Atenção, aqueles que pretendem ver o "circo" em Portimão, é conveniente tomar algumas precauções especiais, pois a capital do Barlavento está em estado de sítio. A cidade-etapa do Lisboa-Dakar espera entre 300 a 400 mil visitantes por estes dias!

Como podem perceber a escolha é variada, pela minha parte vou para o terreno...

quinta-feira, dezembro 29, 2005

Hoje, no jornal que "ninguém" lê...


O Diário da República desta quinta-feira é um exemplar histórico, dadas as alterações profundas que alguns diplomas vão implicar no quotidiano e no futuro dos portugueses...

De uma assentada, o diário oficial torna pública a nova
Lei da Água, estabelecendo as bases e o quadro institucional para a gestão sustentável das águas, e um conjunto de diplomas nos domínios da segurança social e da Administração Pública.

Numa lei e num decreto-lei, são estabelecidos os mecanismos de convergência do regime de protecção social da função pública com o regime geral da segurança social no que respeita às condições de aposentação e cálculo das pensões e acertados os mecanismos de compatibilização de certos regimes especiais de forma a promover a convergência do regime de protecção social da função pública ao regime geral da segurança social no que respeita às condições de aposentação e cálculo das pensões.

Todavia, destaque-se o
Decreto-Lei n.º 232/2005, que cria o complemento solidário para idosos, por meio do qual se procede à reconfiguração da política de mínimos sociais para idosos, diferenciando situações, reforçando os mecanismos de justiça social e aumentando o combate à pobreza dos idosos.

No seu preâmbulo, pode-se ler que "a criação do complemento solidário para idosos, sendo uma medida inscrita no Programa do XVII Governo Constitucional, prossegue os objectivos anteriormente enunciados e afigura-se um passo importante na redefinição da estratégia de mínimos sociais em Portugal.

O complemento solidário para idosos traduz uma verdadeira ruptura com a anterior política de mínimos sociais para idosos, através de uma aposta na concentração dos recursos disponíveis nos estratos da população idosa com menores rendimentos, na atenuação das situações de maior carência de uma forma mais célere - por efeito da atribuição de um valor de prestação com impacte significativo no aumento do rendimento global dos idosos - e na solidariedade familiar, enquanto forma de expressão de uma responsabilidade colectiva e instrumento de materialização da coesão social.

A diferenciação do complemento solidário para idosos através da consideração dos efeitos da solidariedade familiar nos recursos globais dos idosos é, simultaneamente, justa e necessária porque trata de forma diferente o que é diferente, permitindo canalizar mais recursos para os idosos mais necessitados, designadamente os idosos isolados e sem apoio familiar.

O complemento solidário para idosos constitui uma prestação do subsistema de solidariedade destinada a pensionistas com mais de 65 anos, assumindo um perfil de complemento aos rendimentos preexistentes, sendo o seu valor definido por referência a um limiar fixado anualmente e a sua atribuição diferenciada em função da situação concreta do pensionista que o requer, ou seja, sujeita a rigorosa condição de recursos."

Estes diplomas marcam esta legislatura e demonstram a vontade do Governo de proceder a um conjunto de reformas essenciais para modernizar o Estado, garantir a sustentabilidade das finanças públicas e tornar Portugal mais solidário com aqueles que mais necessitam!

quarta-feira, dezembro 28, 2005

Os media em análise...


O aparecimento dos blogues permitiu que muito trabalho de investigação da realidade social conhecesse a luz do dia, sem os espartilhos dos movimentos corporativos e escapando à ditadura dos mercados editoriais...

A partilha do conhecimento é um factor de progresso para qualquer sociedade, permitindo a valorização e a generalização das boas práticas, ajudando a corrigir erros de percurso e de procedimento e contribuindo para a rentabilização dos seus recursos, permitindo o seu desenvolvimento e garantindo a sua sustentabilidade!

Ao longo destes dois anos, a Terra do Sol foi-se especializando e inclui actualmente uma das mais completas listagens de órgãos de comunicação social nacionais e estrangeiros, que está em permanente actualização, nas secções "Quiosque da Esquina" e "Quiosque do Mundo", que podem ser consultadas aqui ao lado...

Hoje, quero chamar a vossa atenção para o redobrado interesse que os media vêm angariando na blogosfera nacional, passando a DESTACAR algumas ligações para estudiosos desta matéria que optaram por partilhar por este meio as suas observações do universo dos jornais e revistas, das rádios e das televisões e até dos novos suportes de informação que nos saem ao caminho todos os dias.

Assim, recomendo-vos uma visita aos blogues
A Nossa Rádio,
Jornalismo & Comunicação, Ouve-se, Net FM e Irreal TV, bem como os outros que entretanto venham a juntar-se á colecção. Agradeço desde já outras sugestões que desejem fazer e que julguem merecer a nossa atenção...

terça-feira, dezembro 27, 2005

Selecção prepara-se em Tavira


A Selecção Nacional de Andebol iniciou em Tavira a contagem decrescente para o Campeonato da Europa na Suíça, que decorrerá de 26 Janeiro a 5 de Fevereiro...

Segundo o
Record, Mats Olsson organizou um programa de estágio que promete ser muito duro, com o objectivo de preparar a condição física dos 23 jogadores, concentrados no Pavilhão Dr. Eduardo Mansinho até dia 30 de Dezembro.

Entre os eleitos, figura o extremo-esquerdo Ricardo Dias, formado nas escolas do Clube de Vela de Tavira e actualmente ao serviço do Sporting Clube de Portugal. Mesmo que a titularidade seja um sonho, o jovem tavirense já sabe aquilo que o seleccionador nacional pretende e não quer defraudá-lo...

sábado, dezembro 24, 2005

FESTAS FELIZES!


Voltamos ao princípio...


Há dias, quando referimos que as questões da segurança não são para ser tratadas "a quente" nem merecem uma abordagem populista, esperávamos que essa opinião fosse consensual ...

Contudo a reacção oportunista de certos responsáveis políticos, aproveitando uma
ocorrência a todos os títulos lamentável, entristece-nos e merece-nos uma reflexão adicional. Para que não se prejudique a imagem de destino turístico seguro que o Algarve detém internacionalmente e para que não se desconsidere o trabalho fantástico das forças e serviços de segurança, confirmados pelas estatísticas mais recentes, seria mais conveniente evitar aproveitamentos e emitir declarações pouco tranquilizadoras...

Para piorar as coisas, volta-se a falar da
reestruturação das forças de segurança, nomeadamente dos dispositivos da Polícia de Segurança Pública e da Guarda Nacional Republicana. Em 2004, o Governo recuou nas suas intenções e assumiu que não seriam tomadas quaisquer decisões sem a concordância das autarquias locais. Apesar da mudança política, esperemos que as conclusões de qualquer estudo efectuado na Praça do Comércio, na Penha de França ou no Largo do Carmo não se efectivem sem que seja desenvolvido um processo de diálogo com os municípios abrangidos e que sejam asseguradas as condições de segurança das populações residentes, dos visitantes e dos seus bens...

Nesse processo deveria reflectir-se sobre inúmeras situações que poderiam contribuir para melhorar as condições de trabalho dos profissionais ou interferir positivamente na eficácia da sua acção. Só a título de exemplo, refira-se que há processos de criação de polícias municipais que permanecem em banho-maria, nomeadamente em Albufeira, Lagos e Loulé, e outros que deveriam ser estudados, apesar das últimas alterações á lei permanecerem por regulamentar. Sublinhem-se as obras concluídas prontas a inaugurar e outras em curso ou os processos de reequipamento que estão a decorrer. Recordem-se as propostas políticas para reestruturação dos comandos e sua melhor adequação à realidade da região, constante do Programa Eleitoral do PS-Algarve e que visavam a autonomização das estruturas regionais da GNR em relação a Évora...

Aproveite-se a dinâmica do Programa de Reforma da Administração Central do Estado, reconheçam-se as especificidades do Algarve e decidam-se as alterações que forem julgadas mais convenientes. Contudo, é bom recordar que há homens e mulheres que não podem continuar a viver na incerteza do futuro e que
a imagem de segurança do Algarve é uma mais-valia para PORTUGAL!

sexta-feira, dezembro 23, 2005

...em cima do prazo!


Alguns candidatos às Presidenciais'2006 escolheram o último dia para formalizarem a sua candidatura junto do Tribunal Constitucional (TC), onde foram recebidas treze candidaturas.

Mesmo sem as assinaturas necessárias, todos os candidatos contam para o sorteio da ordem dos nomes nos boletins de voto, que se realiza na próxima segunda-feira, no Tribunal Constitucional.

É o caso de
Carmelinda Pereira, que não entregou as 7500 assinaturas mas apenas 2200, e de Luís Botelho Ribeiro, que entregou 200, de acordo com o porta-voz do TC, Bueno de Matos.

Jerónimo de Sousa, apoiado pelo PCP, Manuel Alegre, deputado socialista, Francisco Louçã, apoiado pelo Bloco de Esquerda, Mário Soares, apoiado pelo PS, Cavaco Silva, apoiado pelo PSD e pelo CDS-PP, Garcia Pereira, pelo PCTP/MRPP, Maria Teresa Lameiro (funcionária pública em Gaia), formalizaram as candidaturas com o número de assinaturas previsto na lei.

Luís Filipe Guerra (secretário-geral do Partido Humanista), Manuela Magno (professora no departamento de música da Universidade de Évora), Josué Rodrigues Gonçalves Pedro e Diamantino Maurício da Silva também formalizaram o processo no Tribunal Constitucional.

Logo a seguir ao sorteio da ordem dos nomes para os boletins de voto, na segunda-feira, uma secção especial do TC apura a regularidade das candidaturas apresentadas, notificando os mandatários das que não estiverem conforme a lei, para suprir as lacunas detectadas no prazo de 48 horas.

As candidaturas podem recorrer para o plenário do TC, e até dia 3 de Janeiro terá que decidir definitivamente sobre as candidaturas aceites, sendo que os nomes não aceites não serão incluídos nos boletins de voto.

Naturalmente, vamos retirar da listagem de ligações quem não formalizou a sua candidatura. Após o sorteio e a aceitação definitiva das candidaturas, reordenaremos as mesmas de acordo com a sequência do boletim de voto. Agora, as campanhas páram para o Natal...

quinta-feira, dezembro 22, 2005

Solidariedade para todos...


O Governo aprovou hoje em Conselho de Ministros um conjunto de medidas que reforçam os mecanismos de justiça e de solidariedade social para todos quantos contribuem para o desenvolvimento nacional, sejam portugueses ou não...

Por um lado, o Governo concedeu o acesso às prestações familiares, nomeadamente ao abono de família, aos estrangeiros detentores de títulos válidos de permanência em território nacional e que se encontram numa situação que se aproxima da dos cidadãos estrangeiros titulares de autorização de residência e dos cidadãos nacionais.

Por outro, reconheceu o direito à atribuição do Rendimento Social de Inserção aos estrangeiros detentores de autorização de permanência, de visto de trabalho, de visto de estada temporária e de prorrogação de permanência, desde que estejam legalmente em território nacional há pelo menos 3 anos, reforçando os mecanismos de integração dos imigrantes.

Em vésperas de Natal, há mais solidariedade para todos!

quarta-feira, dezembro 21, 2005

Governo aposta na Ria Formosa


A requalificação da Ria Formosa vai ser efectuada no contexto das seis intervenções previstas para o Litoral no âmbito do Quadro Estratégico de Referência Nacional 2007/2013...

Com experiência reconhecida nos domínios da requalificação urbana e ambiental, a
Parque EXPO vai elaborar os planos e liderar o processo em conjunto com o Instituto de Conservação da Natureza e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve, segundo anunciou Francisco Nunes Correia, ministro do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional, em estreita colaboração com as autarquias locais da área do Parque Natural da Ria Formosa.

Quem agitava a bandeira das demolições, tem que mudar de vocabulário e tentar perceber o alcance das operações de requalificação desenvolvidas no âmbito do Plano de Ordenamento da Orla Costeira Vilamoura/Vila Real de Santo António.


Pode ser que ainda não tenham entendido, mas Portugal está a mudar... para melhor!

Finalmente...


Após o encerramento do semanário Algarve Região, que ainda fará correr muita tinta, fonte bem informada garantiu-nos o fecho por estes dias d'A Voz de Loulé e o silenciamento da Rádio Solar (Albufeira) no final do ano...

Já alertámos por diversas vezes que a proliferação de títulos na imprensa regional e o excessivo número de licenças radiofónicas atribuídas a rádios de âmbito local não facilitam a sua viabilidade económica e prejudicam a sua sustentabilidade...

Finalmente,
alguém com responsabilidades no sector assume essa preocupação e convida os seus pares à reflexão. Esperamos que resulte...

terça-feira, dezembro 20, 2005

Take 10 - Soares atacou e...


Mário Soares esteve imparável no debate desta noite, demonstrando as suas qualidades de tribuno e desfazendo o "gigante de pés de barro" Cavaco Silva...

Com uma postura descontraída, Mário Soares
aproveitou a oportunidade para sublinhar que Cavaco Silva é um candidato de alto risco, de direita, sem referências na Europa actual e com falta de formação para ser Presidente da República...

Extremamente tenso e procurando controlar-se, Cavaco Silva justificou os anos em que foi primeiro-ministro e tentou explicar como tenciona encontrar um consenso para relançar a economia portuguesa.

Tentou, mas não convenceu. Acreditamos que este debate foi decisivo para um volte-face eleitoral...

segunda-feira, dezembro 19, 2005

Take 9 - A velha guarda...


O penúltimo (?!) debate televisivo serviu para esgrimir argumentos e experimentar desculpas para resultados aquém das expectativas iniciais...

Manuel Alegre voltou a agitar a onda de temores da campanha para Secretário-Geral do PS sustentando que muitos eleitores vão votar nele, mas sem dar a cara, com medo de represálias que não quis adiantar. Na cara dele, Jerónimo de Sousa disse-lhe aquilo muita gente pensa - a "guerra" interna do PS só favorece a candidatura de direita!!!

Amanhã, a terra vai tremer. Há choque de titãs na RTP1...

domingo, dezembro 18, 2005

sábado, dezembro 17, 2005

Infelizmente...


...há quem tenha conhecido o Algarve quando era jovem e hoje pense assim...

Infelizmente, a sua opinião está escrita num dos principais e mais respeitados jornais do maior mercado de origem do Algarve. Infelizmente, esta empresária inglesa tem razão!

PS - Também há boas notícias, como esta, mas é preciso cuidado com o reverso da medalha... para que os golfistas de todo o mundo não mudem de opinião no futuro!

Glorioso e empreendedor...


Campeão de Portugal e orgulho dos filhos de Olhão, o Sporting Clube Olhanense está com um pé no principal campeonato das terras lusitanas...

Á 15.ª jornada do Campeonato da Liga de Honra, dois clubes algarvios
partilham o pódium com o Beira Mar de Aveiro, mas permitam-me que destaque o percurso da equipa de Olhão, que nesta tarde não conseguiu derrubar o autocarro que Augusto Inácio estacionou à frente da baliza do veteraníssimo Pavel Srnicek...

Apesar da primeira parte insossa, no segundo tempo os homens de Paulo Sérgio tudo fizeram para merecer a liderança do Campeonato, mas a felicidade não esteve ao seu lado, apesar da bola beijar a trave adversária nos últimos segundos!!!

Quanto ao
Portimonense Sporting Clube, a vitória caseira sobre o Maia por 2-0 ficou-lhe bem, garantindo o segundo posto na tabela classificativa. Temos campeonato...

Ainda a procissão vai no adro...


Segundo o Expresso, Cavaco Silva será o próximo Presidente da República, pois parece ser esta a conclusão lógica do estudo feito pela Eurosondagem para os "media" de Francisco Balsemão e para a Rádio Renascença...


Realizado entre 12 e 14 de Dezembro, este estudo demonstra a consolidação dos eleitorados da direita e da esquerda em torno de Cavaco Silva e de Mário Soares, que alarga a diferença pontual com Manuel Alegre para oito pontos, e já é fonte de
controvérsia antecipada. Registe-se que Cavaco e Soares sobem ligeiramente, Jerónimo mantém o "score" anterior, Louçã perde 1,5 pontos e Alegre desce 4,4 por cento...

A ficha técnica já foi analisada
aqui e refere tratar-se de uma sondagem telefónica, fruto de 2069 inquéritos, recorrendo a selecção aleatória estratificada por região de domicílios e aleatória de inquiridos em cada domicílio. A análise do posicionamento político e do desdobramento das intenções de voto por posicionamento político julgo que merecerá uma análise rigorosa dos "staffs" das várias candidaturas...

Confirmando as tendências das últimas sondagens, os efeitos positivos que este estudo da Eurosondagem poderia carrear para a candidatura de Mário Soares acabam por ser prejudicados pelo "xinfrim" provocado por algumas declarações menos felizes. Por vezes, é bom saber escutar...

sexta-feira, dezembro 16, 2005

Take 8 - Sociedade aberta...


Francisco Louçã admira Mário Soares e isso esteve patente em todo o debate desta noite na SIC, com ambos a criticarem o candidato da direita e a rejeitarem os apelos à união da esquerda na primeira volta...

Ambos estiveram contra a ausência de ideias, criticando silêncios e fugas ao debate, sublinhando que tal dificulta a escolha dos portugueses e não contribui para o esclarecimento da opinião pública sobre os poderes e as competências do Presidente da República.

É tempo de avaliar perfis e capacidades, já conhecemos Cavaco Silva e Mário Soares. Há que ter memória e escolher bem!

Garantir a estabilidade!


É facto assente que todos invejamos a estabilidade político-institucional dos nossos vizinhos espanhóis e a sua importância no processo de desenvolvimento sustentado...

Mário Soares percebeu exactamente qual é a MISSÃO do próximo Presidente da República -
garantir a estabilidade governativa e permitir que José Sócrates e os seus pares implementem as reformas que os portugueses exigiram nas urnas em Fevereiro. Depois, em 2009, será o momento de avaliação do Governo!

Ontem, perante milhares de apoiantes, assumiu esse compromisso com Portugal e com os portugueses. Assim merece (novamente) a nossa confiança!

quinta-feira, dezembro 15, 2005

Take 7 - Passado e... futuro!


No debate entre jerónimo e Louçã, as diferenças ficaram claras e está demonstrado que a esquerda tem... futuro!

As questões europeias e as rivalidades partidárias dominaram o
frente-a-frente à esquerda, que decorreu em ambiente tenso...

Com a intenção de consolidarem os seus votos e pescarem apoiantes no eleitorado do adversário, os oponentes multiplicaram-se em tentativas de sedução, com expoente máximo na declaração final de Francisco Louçã ao "homenagear" ex-críticos do PCP já desaparecidos...

quarta-feira, dezembro 14, 2005

Take 6 - Podia ter sido melhor...


Mais que não fosse, o sexto "round" dos debates entre os principais candidatos às Presidenciais'2006 serviu para percebermos melhor as razões que obrigaram a recorrer à reserva da Nação...

Segundo a
SIC, Mário Soares acusou Manuel Alegre de não ter experiência executiva para ser Presidente da República e de falta de ética por não ter suspendido o seu mandato de deputado do PS.

Na resposta, o vice-presidente do Parlamento argumentou que o adversário não deveria ser candidato por uma questão de idade e de renovação. Considerado como "o frente-a-frente (...) mais duro", serviu para separar as águas e demonstrar a falta de perfil de Manuel Alegre para o exercício do cargo!

Dois anos!


Completam-se HOJE dois anos sobre a criação da Terra do Sol e este é o 544.º post da história deste blogue, que recebe a visita diária de 62 "amigos", em termos médios, mas que tem vindo a crescer nos últimos tempos...

Para um blogue que tem por missão partilhar convosco alguns estados de alma e intervenções na imprensa escrita regional, dar-vos sinais de Tavira, do Algarve e do mundo e... alguns raios de Sol, para aligeirar a penumbra dos dias e a escuridão da noite é com grato prazer que recebemos visitas de Portugal (o grosso da coluna) e com uma frequência crescente de Inglaterra, Estados Unidos, Brasil, Bélgica, Noruega, Hong Kong, Espanha, Alemanha, Canadá e Angola, entre muitos outros países!

Ao longo destes dois anos, o blogue foi-se desenvolvendo e melhorando, o número de ligações a outras páginas na rede foi aumentando e hoje contamos com uma das mais completas listagens de órgãos de comunicação social de todo o mundo, que está em permanente actualização.

Enquanto outros fazem promessas, nós apresentamos a única listagem das empresas e instituições de Tavira e de Tavirenses que apostaram neste meio para chegar aos seus parceiros de actividade e de negócio, potenciando os respectivos sítios na Internet.

Não prometemos muito, mas queremos dar um contributo para combater a info-exclusão, facilitando-vos o primeiro embate com o mundo em rede, garantindo o acesso aos sítios de serviço públicos mais necessários e apresentando um conjunto de utilitários indispensáveis para quem quer aprender mais...

Queremos fazer melhor, ajudem-nos sempre com as vossas sugestões e comentários. Já agora, OBRIGADO PELA VOSSA VISITA!

terça-feira, dezembro 13, 2005

Takes 4 e 5 - Faltei aos debates...


Confesso-vos, a agenda destes dias impediu-me de assistir aos dois últimos debates entre os candidatos, mas parece-me que não perdi grande coisa...

Ontem,
Alegre e Louçã admitiram a possibilidade de demitir duas das principais figuras de Estado caso ganhem as Presidenciais de 2006, o que é pouco provável, mas nenhum concorda com a demissão proposta pelo adversário. De qualquer forma, Alberto João Jardim e Souto Moura que se cuidem...

Hoje,
Jerónimo atirou-se a Cavaco, recordando-lhe os dez anos de governação e o ambiente de crispação entre as forças de segurança, acabando ambos de braço dado na luta contra a legalização da prostituição...

Amanhã, há mais!

Quem precisa do TGV?! (2)


José Sócrates apresentou hoje o projecto português de alta velocidade e as duas ligações consideradas prioritárias - Lisboa-Porto e Lisboa-Badajoz, perspectivando a criação de mais de 100 mil postos de trabalho...

O sistema ferroviário transeuropeu de Alta Velocidade é o conjunto coerente, constituído pelas infra-estruturas ferroviárias, construídas ou adaptadas para serem percorridas a alta velocidade, e pelo material circulante concebido para percorrer essas infra-estruturas, no qual está integrado a Rede ferroviária de Alta VElocidade...

A Directiva 96/48/CE do Conselho, de 23 de Julho de 1996, estabeleceu as condições a satisfazer para realizar no território comunitário a interoperabilidade do sistema ferroviário transeuropeu de Alta Velocidade.

No partido que agora rejeita o TGV e a OTA, há uns demagogos que continuam a reclamar que o TGV tenha uma ligação Évora-Faro-Huelva, bastando para tal que alguém lhes coloque um microfone na frente!

Pela minha parte, considero a ligação ferroviária a Huelva / Sevilha como um factor estruturante do desenvolvimento sustentado do Algarve, bastando para tal que fosse prolongada a actual linha de velocidade alta, que já liga Braga a Faro, assegurando o fecho da malha ferroviária na frente atlântica da Península Ibérica.

Podia ser que assim sobrassem meios financeiros para o Metro de Superfície do Algarve, nomeadamente para as ligações suburbanas entre Tavira, Olhão, Faro (Aeroporto/Universidade) e Loulé (Quarteira/Vilamoura)...

Quem concorda, ou nem por isso, que se pronuncie...

segunda-feira, dezembro 12, 2005

A morte é solução?!


Se o Governador do Estado da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, não aprovar um pedido de clemência substrito por alguns milhares de instituições e cidadãos do mundo inteiro, Stanley "Tookie" Williams será executado na próxima madrugada...

Fundador de um dos "gangs" mais violentos de Los Angeles, encontra-se no corredor da morte há 24 anos, condenado na base do alegado assassinato de 4 pessoas em 1979, do qual sempre se afirmou como inocente.

Durante o tempo no corredor da morte, especialmente depois de ter passado seis anos em solitária, transformou-se completamente repudiando os seus actos passados e o estilo de vida violenta que levou até ter sido preso.

Desde que saiu da solitária tem tido um comportamento exemplar. Escreveu uma série de livros para crianças sobre os perigos da vida em gangs, tornando-se um símbolo de esperança para a juventude marginalizada.

Tem vindo a ser nomeado para o prémio Nobel da Paz, consecutivamente, nos últimos cinco anos e recebeu o prémio atribuído pelo Presidente dos Estados Unidos para quem se destaca em formação cívica, conforme é
destacado pela Aministia Internacional.

Se quiser, também pode
subscrever o pedido de clemência. Pode ser que o seu gesto contribua para salvar uma vida...

domingo, dezembro 11, 2005

Quem tem medo do Plano Tecnológico?!



Nas últimas semanas, têm-se multiplicado os sinais negativos sobre o andamento do Plano Tecnológico, com a demissão do seu coordenador na semana anterior à sua apresentação, as dúvidas sobre a sua tutela que obrigaram José Sócrates a chamar a si o "dossier" e, finalmente, a hipótese de Mariano Gago ser sacrificado numa próxima remodelação governamental...

Hoje, ninguém tem dúvidas sobre as potencialidades do
Plano Tecnológico, das suas implicações no desenvolvimento da economia do saber e das alterações que proporcionará na sociedade portuguesa. Como bem sustentou o director do Serviço de Ciência da Fundação Calouste Gulbenkian, João Caraça, "enganam-se os que pensam que um plano tecnológico não serve para nada, que um plano é apenas uma peça de retórica política sem efeitos de maior"...

Na sua opinião, "...serve (...) para os portugueses se organizarem na busca de uma sociedade que querem sentir como sua" e "...para os estrangeiros, que, vendo as apostas de um país claramente assumidas, se querem associar a esse esforço porque encontram para si próprios vantagens e benefícios acrescidos (quer em termos de oportunidades para o capital investido ou para as operações que coordenam." Afinal, aquilo que parece complexo, é tão simples...

Bem, porque implica uma verdadeira mobilização nacional e deverá abranger toda a sociedade portuguesa, José Sócrates tomou a seu cargo a condução do Plano Tecnológico, limitando quaisquer visões redutoras que dificultem a concretização das nossas aspirações. Andou bem e depressa, demonstrando capacidade de decisão e de intervenção, o que merece o nosso aplauso!

Apesar de tudo, seria melhor que estes episódios caricatos não colocassem em causa o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, considerado um melhores ministros dos últimos Governos socialistas. Aliás, José Mariano Gago foi totalista dos Governos de António Guterres, deixou obra feita e mereceu o contínuo reconhecimento dos seus e das oposições, no plano interno e além-fronteiras!

NOTA - Agradeço a caricatura do Rui Pimentel "sequestrada" na Visão...

Portugal mudou?!


Passados vinte anos, Mário Soares voltou a ser agredido verbal e fisicamente em plena campanha eleitoral para as Presidenciais de 2006. Alguém acredita que Portugal mudou?!

Pela minha parte, que vivi a situação da Marinha Grande, parece-me que algumas pessoas continuam a viver no passado, tentando ameaçar o livre exercício da Democracia com insultos e agressões totalmente reprováveis.

Podem parecer situações distintas, mas não deixam de transparecer o regresso anunciado das crispações e o incómodo que a Liberdade causa a certas pessoas. Mais uma vez, escolheram mal o alvo...

Passados vinte anos, nem todos perceberam ainda que Mário Soares não é homem que se deixe intimidar por sondagens desfavoráveis ou por ameaças desesperadas. Portugal está a mudar, por muito que alguns com atitudes deste género insistam no regresso ao passado!

Não há duas sem três...


Em três semanas, sucederam-se três assaltos violentos em terras algarvias que acabaram por vitimar na última madrugada um agente da PSP de Lagos...

Nos próximos dias, falaremos mais sobre esta temática. Agora, nesta hora, apenas uma palavra de solidariedade para os familiares e de encorajamento para os colegas de Sérgio Martins!

sábado, dezembro 10, 2005

Liberdade de "não" escolha...


Os anarquistas portugueses escolhem sempre os períodos eleitorais para intensificar a sua luta contra o sistema democrático...

Apesar da diversidade das candidaturas presidenciais, ainda não foi desta que conseguiram fazer uma opção válida.

Ainda assim, enquanto esperam que venha outro
candidato, vão fazendo campanha contra os demais. É da vida!

sexta-feira, dezembro 09, 2005

Take 3 - Acusações e amuos...


Francamente, apesar de ter imposto este tipo pouco estimulante de debates, Cavaco Silva demonstrou hoje à saciedade que preferia mesmo que não houvessem debates nenhuns...

Com um "fair-play" que já é conhecido,
Cavaco amuou quando Francisco Louçã responsabilizou os seus governos pela crise actual do país e acusou os seus apoiantes de defenderem a liberalização dos despedimentos. E ele não sabe tudo...

Aborrecido com a acutilância dos moderadores e com um discurso demagógico, Cavaco continua a procurar aliciar os votos dos eleitores mais jovens, colocando em causa as reformas e os investimentos públicos e fugindo às respostas mais difíceis.

Pela sua parte, Francisco Louçã continuar a utilizar esta campanha para consolidar o eleitorado do Bloco e percebeu-se que tentou abalar a credibilidade económica de Cavaco, embora este fugisse às questões como o Diabo da cruz...

quinta-feira, dezembro 08, 2005

Take 2 - Velhos irmãos...


O segundo debate televisivo das Presidenciais'2006 decorreu hoje sob o signo do unanimismo e dos elogios mútuos, deixando antever um apoio das cúpulas do PCP a Mário Soares na segunda volta...

Soares e Jerónimo de Sousa divergiram apenas nas questões económicas e de política externa, com um a teimar em remar contra a maré e outro a defender as potencialidades do modelos social europeu, como factor de união entre os povos da Europa e promotor dos direitos humanos, da justiça social e da qualidade de vida!

Soares recusou o papel de advogado do Governo e Jerónimo acusou-o de ter engolido a apito no primeiro mandato, acabando por elogiar a sua postura posterior na salvaguarda da Constituição e dos direitos adquiridos no 25 de Abril. Amanhã há mais...

De Lisboa a Dakar... até 2008



A contagem decrescente entrou na fase mais acelerada, já faltam apenas 22 dias para o arranque do Raid Lisboa-Dakar... 2006!

A primeira etapa decorrerá entre Lisboa e Potimão, com a distância total de 370 Kms (com uma especial muito rápida de 83 kms na peneplanície alentejana), no dia 31 de Dezembro, colocando homens à prova e permitindo os últimos acertos nas máquinas.

A passagem do ano está marcada para Portimão, de onde partirá a segunda jornada em direcção a Málaga com a distância total de 567 Kms (com um sector extremamente selectivo de 115 kms nas serranias algarvias), prometendo
trazer milhares de turistas ao Algarve!

Pela primeira vez, uma equipa de mótards algarvios com provas dadas no motociclismo nacional vai participar sob o lema Só Paramos Em Dakar!

Nota extra - Para analisarem o impacte desta prova desportiva, consultem o Google. Nesta data, já são mais de 65 mil referências...

Agora, pela mesma razão de sempre

(Publicado na edição de 8 de Dezembro de 2005 do jornal POSTAL DO ALGARVE)

No próximo dia 22 de Janeiro, os portugueses são chamados a eleger o próximo Presidente da República, concluindo um ciclo eleitoral iniciado há dez meses com a eleição do Parlamento e que há dois meses incluiu as autarquias locais.

Ao longo deste ano, os portugueses deram provas de estar conscientes das dificuldades do País e demonstraram que acreditam em Portugal, confiando nas propostas de José Sócrates e concedendo uma maioria inédita ao Partido Socialista.

Passados oito meses, deram uma vitória folgada ao Partido Social Democrata nas eleições locais, optando por manter a maioria dos presidentes de câmara e afastando do poder aqueles que manifestamente não demonstraram a sua competência para gerir os destinos dos seus municípios. Salvo raras excepções que merecem uma análise mais aprofundada, os portugueses evidenciaram a sua maturidade política…

Graças a um acordo histórico entre as três estações televisivas, os principais candidatos vão ter oportunidade de debater os grandes temas nacionais, confrontar propostas e contribuir para esclarecer a opinião pública. O futuro de Portugal não pode ficar dependente de tabus encavacados nem pode iludir-se com silêncios premeditados!

O próximo Presidente da República deve ser capaz de escutar e unir os portugueses, de dinamizar a sua capacidade empreendedora e de partilhar com eles a sua confiança no futuro. Mais, nesta sociedade cada vez mais aberta, deve ser capaz de partilhar connosco as suas ideias de forma franca e frontal!

Mais do que ser uma contínua força de bloqueio, deve cumprir e fazer cumprir a Constituição, respeitando os princípios da separação dos poderes e zelando pelo regular funcionamento das instituições democráticas.

Na Europa e no Mundo, para enfrentar a crise económica e evitar uma crise social, Portugal precisa de um Presidente da República que defenda a estabilidade governativa, promova a solidariedade social e ajude a desenvolver o modelo social europeu sem prejudicar a nossa competitividade externa.

O Presidente da República deve ser uma referência nacional, isento e dialogante, e uma força mobilizadora das energias positivas de cada português, capaz de participar no combate ao pessimismo e à descrença!

Portugal de precisa de continuar a acreditar, de manter um rumo que permita recuperar terreno em relação aos seus parceiros da União Europeia e de consolidar o seu papel no mundo de forma aberta, humanista e generosa.

Portugal precisa de um Presidente da República que apoie o Governo nas grandes reformas em curso e que esteja atento aos mais desfavorecidos da sociedade, que vá ao encontro das necessidades e das expectativas dos portugueses sem ser demagógico.

Agora, pela mesma razão de sempre, vou votar em
Mário Soares e convido-vos a reflectirem profundamente sobre as implicações do vosso voto, nas suas consequências no futuro de Portugal!

quarta-feira, dezembro 07, 2005

Governo acaba com SA's... na saúde!


O Governo aprovou a transformação dos 31 hospitais com natureza de sociedade anónima (S. A.) em entidades públicas empresariais (EPE), acabando de vez com as polémicas estruturas onde populavam inúmeros "boy's" e "girl's" da anterior coligação governamental...

Em simultâneo, agrupou, também sob a forma de EPE, outros hospitais, criando o Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, o Centro Hospitalar de Setúbal e o Centro Hospitalar do Nordeste. Quanto ao Algarve, a informação disponível ainda não é clara em relação ao destino do Hospital Distrital de Faro...

Segundo a nota do Conselho de Ministros, "pretende-se, com a
decisão tomada em 7 de Dezembro, submeter aquelas unidades do Serviço Nacional de Saúde (SNS) a um regime jurídico que, atendendo ao serviço público por elas prestado, permita uma maior intervenção ao nível das orientações estratégicas de tutela e superintendência."

Esperamos que Correia de Campos prossiga nesta linha de orientação, garantindo bons níveis de eficácia na rede hospitalar sem perda de qualidade nos atendimentos e tratamentos e com a imprescindível redução das listas de espera. Veremos agora como vai o Ministério da Saúde lidar com os inúmeros contratos e afins que transformaram o SNS num imenso laranjal...

terça-feira, dezembro 06, 2005

Estrela maior...


Esta algarvia está hoje na maioria dos jornais alemães por uma razão de peso...

"O Vento Assobiando nas Gruas" foi distinguido com o Prémio Internacional de Literatura
Albatros, atribuído pela primeira vez este ano pela Fundação Günter Grass e que será entregue em Maio de 2006, na Câmara Municipal de Bremen.

Adivinha-se que a acção de "O Vento Assobiando nas Gruas" decorre no Algarve, que Günter Grass conhece como poucos, e relata uma história de amor entre uma jovem portuguesa e um africano, mas o júri "foi para além da questão passional, sublinhando as questões sociais e políticas" do romance.

Parabéns, Lídia Jorge, és o nosso orgulho!

Take 1 - Um aborrecimento...


O primeiro debate das Presidenciais foi uma seca, os candidatos entenderam jogar à defesa e os moderadores não tiveram arte para fazê-los sair do casulo...

Dois monólogos murchos, chochos e insonsos, um debate que nem chegou a ganhar fervura, com estranhas unanimidades em voltas dos temas do costume.


Como já sabemos, mesmo "ganhando" com a titude passiva do seu oponente, Cavaco Silva apesar de congratular-se com os debates preferia estar calado até à tomada de posse.

Inofensivo, Manuel Alegre amuou porque não lhe fizeram a vontade e presentearam-no com uma oportunidade única que... desperdiçou!!!

Venham Soares e Louçã, porque já sabemos que o Jerónimo vai ficar afónico novamente. Ou será que consegue dizer alguma coisa de jeito?!

Faça-se justiça!


Passado mais de um ano sobre a comemoração do seu 80.º aniversário, António Ramos Rosa regressa à cidade onde nasceu para receber uma merecida homenagem e presidir à apresentação da sua própria biografia...

Depois do indesculpável "esquecimento" do anterior executivo municipal, a Câmara Municipal de Faro e a Faro - Capital Nacional da Cultura'2005 homenageiam o maior poeta vivo da língua portuguesa na Biblioteca da qual é patrono. Ali decorrerá o lançamento da obra “António Ramos Rosa - imagens do caminho das palavras e dos afectos”, de Ana Paula Coutinho Mendes, com apresentação de Fátima Freitas Morna, professora da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Recentemente galardoado com o Prémio Sophia de Mello Breyner Andresen, instituído pela Câmara Municipal de S. João da Madeira em colaboração com a Associação Portuguesa de Escritores, pela obra "O Poeta na Rua", publicou em 2001 o livro “As Palavras”, do qual seleccionamos o poema seguinte como aperitivo para leituras futuras:


"A palavra poderá ser alguma vez sobre uma concha de lábios anelantes
a luxuriante ramagem em que fulge o ouro
entre fios azuis e ao doce molusco do umbigo ascende?
Poderá ela igualar-se às cintilantes surpresas
de uma rosa a que se adere no mais ardente contacto?
As palavras amam o seu corpo musical
as suas varandas verdes as suas torres brancas
Às vezes não são mais do que pétalas de cinza ou cal
ou rosas de fumo evolando-se de uma parede cinzenta
Mas quando cavalos do desejo quando se empinam para uma árvore solar
é porque o esplendor do corpo as deslumbra e as dilata
e querem ser a reverência inebriada de um delicado ardor
E então como as aranhas de mercúrio ou de prata tecem as frágeis constelações
em que os nomes circulam com o sangue dos arbustos do desejo"


Uma homenagem merecida!

segunda-feira, dezembro 05, 2005

Também alinhei...


Com frequência, somos abordados pelas mais diversas vias para participar em estudos ou sondagens de opinião pública sobre temas da actualidade...

Neste caso concreto, sobre a iniciativa Faro Capital Nacional da Cultura'2005, posso dizer-vos que também participei e que partilho muitas das
conclusões finais. Felizmente...

Porém, não consegui perceber na notícia onde está a "boa classificação global atribuída à cidade de Tavira". Já agora, onde está a análise das demais cidades anfitriãs dos eventos da FCNC'2005?! Será que podem esclarecer-me?! Melhor, será que podem enviar-me os dois trabalhos citados no texto?!

domingo, dezembro 04, 2005

Em casa de ferreiro...


Os governos da Polónia, Dinamarca, Holanda e Irlanda foram galardoados com os prémios eEurope awards durante a conferência Europeia de eGovernment, que decorreu na semana passada, no Reino Unido.

Os projectos distinguidos foram analisados de acordo com quatro categorias temáticas: implementação de eGovernment; transformação do Governo; serviços ao cidadão e às empresas e, por último, o impacto socioeconómico dos projectos. Os premiados foram seleccionados entre 52 finalistas (234 nomeados).

Destaque-se o facto de, entre os projectos levados a concurso, não constar nenhum português, o que não deixa de ser curioso. Esperemos que o
Plano Tecnológico contribua para mudar esta situação, particularmente no processo de reforma do Estado e da Administração Pública (AP)...

Além da intenção de adoptar processos de teletrabalho na AP e de introduzir Internet de Banda Larga em todas as escolas do País (processo esse que já começou), o Governo compromete-se, ainda, a “criar uma oferta de Internet de Cidadania”, por forma a garantir o “acesso livre e gratuito a serviços públicos disponibilizados na Internet”. A ver vamos...

Quem quer assinar?!


Parece que há por aí quem queira colocar em causa a candidatura de Mário Soares à Presidência da República, empenhando-se afincadamente em divulgar as dificuldades do processo e sublinhar aspectos (considerados) negativos do candidato...

Esta semana, até o "inefável" Expresso preocupa-se com o número de assinaturas, esquecendo que faltam ainda quase três semanas para a apresentação das candidaturas e mais de um mês para a eleição, no próximo dia 22 de Janeiro. Que não seja por isso!!!

Quem quiser assinar só tem que dar alguns passos - imprimir e preencher estes
três impressos, pedir uma certidão (gratuita) na Junta de Freguesia da área de residência e enviá-los para a sede de candidatura, onde também podem já fazer a vossa declaração de apoio...

Pela mesma razão de sempre, Portugal!

sábado, dezembro 03, 2005

Algarve - Região Livre de Portagens (2)


Os senhores deputados do PS, eleitos pelo círculo de Faro, vieram ao Algarve prestar contas. Boas contas, na minha opinião...

Em primeiro lugar, provando que estão atentos aos comentários dos nossos visitantes,
apresentaram o Orçamento de Estado para 2006, desfizeram as contas apressadas de Mendes Bota e clarificaram os investimentos na região nos últimos anos.

Por fim, João Cravinho reafirmou aquilo que já tinha defendido na Assembleia da República e
confirmou que o Algarve vai continuar a ser uma região livre de portagens...

Uma iniciativa para repetir com mais frequência, porque as boas contas fazem os bens amigos!

sexta-feira, dezembro 02, 2005

A luta continua...



Como já devem ter percebido, o dia de ontem foi muito, muito duro...

Os "bloggers" algarvios e mais alguns amigos reuniram-se para celebrar o Natal e festejar
a chegada da "nossa" Matilde. Saibam tudo sobre o 2.º Encontro Blogalgarve e vejam a reportagem televisiva na TV Poejo...

O meu agradecimento aos organizadores desta jornada, que se prolongou tarde fora no famoso Café Calcinha - o antigo "escritório" de António Aleixo e a "nova cantina universitária" de Loulé...

Em breve, a luta continua, talvez no Algarve... de cima!!!

NOTA - Agradeço a fotografia da NADIR "sequestrada" no Meu Querido Diário!

quinta-feira, dezembro 01, 2005

Pois, de(s)ida-se...


Em vez de estarmos a festejar a Restauração da Independência, seria melhor estarmos preocupados com isto...

Se cada um de nós participar na reflexão e na sua prevenção, é certo que conseguimos vencer este flagelo e... outros parecidos!

quarta-feira, novembro 30, 2005

Cruzou por nós até há 70 anos! Ficou.


Cruzou por mim, veio ter comigo, numa rua da Baixa
Aquele homem mal vestido, pedinte por profissão que se lhe vê na cara,
Que simpatiza comigo e eu simpatizo com ele;
E reciprocamente, num gesto largo, transbordante, dei-lhe tudo quanto tinha
(Excepto, naturalmente, o que estava na algibeira onde trago mais dinheiro:
Não sou parvo nem romancista russo, aplicado,
E romantismo, sim, mas devagar...)

Sinto uma simpatia por essa gente toda,
Sobretudo quando não merece simpatia.
Sim, eu sou também vadio e pedinte,
E sou-o também por minha culpa.
Ser vadio e pedinte não é ser vadio e pedinte:

É estar ao lado da escala social,
É não ser adaptável às normas da vida,
Às normas reais ou sentimentais da vida -
Não ser Juiz do Supremo, empregado certo, prostituta,
Não ser pobre a valer, operário explorado,
Não ser doente de uma doença incurável,
Não ser sedento da justiça ou capitão de cavalaria,
Não ser, enfim, aquelas pessoas sociais dos novelistas
Que se fartam de letras porque têm razão para chorar lágrimas,
E se revoltam contra a vida social porque têm razão para isso supor.
Não: tudo menos ter razão!
Tudo menos importar-me com a humanidade!
Tudo menos ceder ao humanitarismo!
De que serve uma sensação se há uma razão exterior para ela?

Sim ser vadio e pedinte, como eu sou,
Não é ser vadio e pedinte, o que é corrente:
É ser isolado na alma, e isso é que é ser vadio,
É ter pedir aos dias que passem, e nos deixem, e isso é que é ser pedinte.

Tudo mais é estúpido como Dostoiewski ou um Gorki.
Tudo mais é ter fome ou não ter que vestir.
E, mesmo que isso aconteça, isso acontece a tanta gente
Que nem vale a pena ter pena da gente a quem isso acontece.

Sou vadio e pedinte a valer, isto é, no sentido translato,
E estou-me rebolando numa grande caridade por mim.

Coitado do Álvaro de Campos!
Tão isolado na vida! Tão deprimido nas sensações!
Coitado dele, enfiado na poltrona da sua melancolia!
Coitado dele, que com lágrimas (autênticas) nos olhos,
Deu hoje, num gesto largo, liberal e moscovita,
Tudo quanto tinha, na algibeira em que tinha pouco, àquele
Pobre que não era pobre, que tinha olhos tristes por profissão.

Coitado do Álvaro de Campos, com quem ninguém se importa!
Coitado dele que tem tanta pena de si mesmo!

E, sim, coitado dele!
Mais coitado dele que de muitos que são vadios e vadiam,
Que são pedintes e pedem,
Porque a alma humana é um abismo.

Eu é que sei. Coitado dele!

Que bom poder-me revoltar num comício dentro da minha alma!
Mas até nem parvo sou!
Nem tenho a defesa de poder ter opiniões sociais.
Não tenho, mesmo, defesa nenhuma; sou lúcido.

Não me queiram converter a convicção: sou lúcido.
Já disse: sou lúcido.
Nada de estéticas com coração: sou lúcido.
Merda! Sou lúcido.

(in Poesias de Álvaro de Campos, Lisboa: Edições Ática, 1980, pp.126-129)


PS: Completam-se hoje 70 anos sobre a morte do Poeta!

segunda-feira, novembro 28, 2005

Posto de observação - LATTE e IC27...


Neste momento, encontram-se em fase de consulta pública duas grandes obras públicas a realizar no Algarve, a saber, a Linha de Alta Tensão Tunes-Estoi e o terceiro troço do IC27 (Alcoutim-Albernoa), que completará a ligação entre a Via do Infante e Beja...

Não questionando a sua importância para o desenvolvimento sócio-económico do Algarve, e das terras do Sotavento em particular, importa garantir a preservação do património natural e a salvaguarda dos interesses das gentes que ainda continuam a residir nas zonas atravessadas por estas duas infra-estruturas. Convém estarmos atentos...

A
Avaliação de Impacte Ambiental é um instrumento preventivo da política de ambiente e do ordenamento do território que permite assegurar que as prováveis consequências sobre o ambiente de um determinado projecto de investimento sejam analisadas e tomadas em consideração no seu processo de aprovação.

Para além das autarquias da zona, os estudos podem ser consultados no sítio do Instituto do Ambiente (
LATTE e IC27), até aos dias 7 de Dezembro de 2005 e 11 de Janeiro de 2006, respectivamente!

domingo, novembro 27, 2005

O Plano em reflexão...



Para além do sítio oficial de iniciativa do Governo, também há um fórum de reflexão sobre o Plano Tecnológico. Está aqui!

Aprender a Cidadania...


Pois bem, para quem não sabe este é o Ano Europeu da Cidadania pela Educação, conforme declaração do Conselho da Europa.

Com esta declaração, o Conselho da Europa pretende promover actividades diversificadas nos diferentes Estados-membros, que sensibilizem os jovens e adultos para a cidadania activa e para a participação democrática, ou seja, para que estes assumam e exercitem os seus direitos e responsabilidades na sociedade.


O Ano Europeu da Cidadania pela Educação servirá de catalisador, permitindo aos Estados-membros tomarem medidas concretas para a implementação dos princípios gerais e planos de acção do Conselho da Europa na educação para uma Cidadania democrática.

Para saber mais, clique
aqui...

sábado, novembro 26, 2005

Querem ganhar na secretaria?!


Afastados do poder pelo voto popular, a direita portuguesa e os apoiantes de Cavaco Silva querem alterar o sistema constitucional e dar funções executivas ao próximo Presidente da República.

Quem não vai em "histórias" destas é Mário Soares, que
voltou a defender de viva voz as vantagens do sistema semi-presidencialista vigente em Portugal desde 1976 e os perigos de certas aventuras...

Será que certos silêncios visam esconder algumas tentações intervencionistas?! Será que querem ganhar na secretaria aquilo que perderam no campo de jogo... político?!

sexta-feira, novembro 25, 2005

Poupar é preciso...


Apesar das chuvas dos últimos dias, é fundamental continuar a poupar água no Algarve, já que todos os grandes reservatórios da região continuam muito abaixo da sua capacidade média...

Segundo dados divulgados esta semana, as barragens do Beliche e Funcho, ambas de abastecimento público, não ultrapassam ainda os 30,3 e 15,7 por cento do máximo possível, respectivamente.

No barlavento algarvio, a albufeira do Funcho (rega e abastecimento público) está agora com 15,7 por cento da sua capacidade total, a barragem do Arade (rega) está a 42 por cento e a Bravura (rega e abastecimento público) a 43,3 por cento.

Saiba
aqui como contribuir para a poupança de água no Algarve!

O "Mundus" da ciência...


Já está "online" a primeira publicação científica mensal de divulgação e comunicação em português especializada nos domínios da ciência, tecnologia e inovação, lançada ontem na Universidade de Aveiro.

De acordo com o primeiro editorial, a revista
Mundus pretende "dar um espaço mais alargado a todos os que dão o seu melhor no campo científico-tecnológico, seja nas universidades, nos institutos de investigação ou nas empresas, e contribuem para o avanço científico, económico e social".

Neste primeiro número é dado destaque ao Plano Tecnológico do Governo, nas suas várias várias vertentes, nomeadamente o investimento sustentado a médio e longo prazo na tecnologia e na inovação e o impacto multiplicador do plano no aumento da competitividade da economia portuguesa e na melhoria da qualidade de vida. Vamos lá descobrir mais...

quinta-feira, novembro 24, 2005

O Algarve não pode esperar


(Publicado na edição de 24 de Novembro de 2005 do jornal POSTAL DO ALGARVE)

Actualmente em discussão na especialidade na Assembleia da República, a proposta de Orçamento de Estado para 2006 (
OE’2006) prevê uma profunda reforma da Administração Central, quer a nível central, quer a nível regional…

Na trilha do programa de Governo, o OE’2006 faz uma opção clara em voltar a Administração Pública (AP) para o reforço da cidadania e para a dinamização do desenvolvimento económico, optando por simplificar e racionalizar os serviços apostando em economias de escala e ganhos de eficiência.

Apontando o cidadão como principal destinatário e a boa utilização dos recursos financeiros como prioridade, o Governo pretende melhorar a qualidade dos serviços prestados através do reforço da descentralização crescente de atribuições e competências e da consolidação das estruturas desconcentradas, fundindo e extinguido se necessário aqueles serviços que se mostrem supérfluos e ineficazes.

Nos termos da
Resolução do Conselho de Ministros n.º 124/2005, de 4 de Agosto, está em curso o Programa de Reestruturação da Administração Central do Estado (PRACE) de modo a promover os princípios de avaliação das actuais actividades, desconcentração de funções para níveis regionais e locais, descentralização para a Administração Local, diminuição das estruturas administrativas e simplificação, racionalização e reengenharia dos procedimentos administrativos.

Até ao final de 2006, na sequência deste trabalho, deverão ser aprovadas as novas estruturas orgânicas de todos os ministérios e serviços da Administração Central. Entretanto, vão ser dados passos decisivos para a criação de balcões únicos que permitam combinar um atendimento de proximidade com a necessária polivalência dos serviços públicos, sempre que a procura não permita a sua manutenção.

A necessária harmonização progressiva das circunscrições administrativas, tendo por base as cinco regiões-plano, vai ser uma realidade!

Neste domínio, entendemos que o Algarve não pode esperar pela resolução dos inúmeros obstáculos que vão surgir noutros distritos. Entre outras medidas inadiáveis, o Governo pode agarrar nas especificidades próprias do Algarve, acelerar a aplicação do PRACE na região e dar um exemplo aos demais distritos.

De igual forma, também seria bom que esta divisão administrativa fosse respeitada nos projectos de lei que actualmente se encontram em discussão pública, nomeadamente na
reforma legal dos serviços de protecção civil e socorro. Não podemos continuar a repetir os mesmos erros de sempre!

Mais, a revisão das leis de financiamento das autarquias locais e do quadro regulamentar das entidades metropolitanas podem ser aproveitadas para aprofundar o processo de descentralização administrativa e relançar a caminhada adiada da regionalização, adoptando a eleição directa e universal dos responsáveis políticos da região do Algarve!


E ainda faltam dois meses...


Apesar dos silêncios premeditados e das ausências cirúrgicas, as possibilidades de vitória de Cavaco Silva na primeira volta das eleições para a Presidência da República parecem estar a esfumar-se...

Segundo o
Barómetro DN/TSF/Marktest, o candidato das direitas desceu nas intenções de voto após a primeira grande entrevista televisiva e poderá comprometer um eventual triunfo à primeira volta. Principalmente, porque ainda falta ultrapassar a prova dos Reis...

Por enquanto todas as análises e dúvidas são permitidas, quando faltam dois meses de campanha e alguns debates essenciais para o esclarecimento do eleitorado, é certo que o ex-primeiro-ministro perde 4,8 por cento das intenções de voto e que Manuel Alegre mantém-se à frente de Mário Soares neste estudo, apesar de alguns sinais contrários. Por enquanto...

Quem fala assim, não é gago...


Numa tarde em que falou com Marta Vitorino (Correio da Manhã) de quase tudo, Mário Soares promete um mandato a olhar para o futuro e com atenção aos problemas da globalização.

E, apesar de ter chegado a pedir que não se falasse mais de Cavaco Silva – “Não sou comentador do professor Cavaco” – regressa amiúde ao rival da direita para lhe atacar o silêncio, as qualidades técnicas e a descredibilização da política e dos partidos...

Mário Soares em
discurso directo!

quarta-feira, novembro 23, 2005

A OTA não prejudica Faro!



Ao contrário das demais associações "empresariais", a Associação Industrial Portuguesa (AIP) não tem dúvidas de que a capacidade do aeroporto da Portela estará esgotada em alguns anos e que a melhor solução para o problema é a construção de um Novo Aeroporto na Ota, cuja entrada em funcionamento está prevista para 2017...

Segundo a
Agência Financeira, os patrões da indústria consideram que a distância que separa a Ota de Lisboa e o tempo que demorará o acesso ao aeroporto «não são excessivos», tornando-se indispensável que o novo aeroporto, na Ota ou em qualquer outro lugar fora da cidade, seja servido por «uma ligação ferroviária, tipo metro, bem como por acessos rodoviários diversificados».

Por outro lado, a
AIP sustenta que a construção do novo aeroporto na área de Lisboa «não prejudica o do Porto ou o de Faro, desde que estes tenham capacidades e características adequadas ao tráfego que os demanda».

Na minha modesta opinião, devíamos estar mais preocupados com o que se passa aqui mais
perto...

terça-feira, novembro 22, 2005

Alice em Tavira


O mais recente êxito do cinema português - Alice - tem apresentação marcada em Tavira nesta quinta-feira, dia 24 de Novembro, pelas 21h30, no Cine-teatro António Pinheiro!

Com a presença confirmada do realizador, o "tavirense" Marco Martins, reconhecido pelos seus pares no mundo da publicidade, trata-se de uma iniciativa do Cineclube de Tavira, que continua a tentar animar as noites de Inverno.

Espera-se uma enchente para acrescentar aos trinta mil espectadores que já acorreram aos cinemas desde a sua estreia no início de Outubro, sedentos de confrontar as excelentes críticas com a realidade.

O filme foi produzido por Paulo Branco e conta com a participação dos actores Nuno Lopes (Mário), Beatriz Batarda (Luísa), Miguel Guilherme, Ana Bustorff, Laura Soveral e Gonçalo Waddington, entre muitos outros cidadãos anónimos de Lisboa que acabaram por intervir com figurantes involuntários, e a história gira em torno da procura obcessiva de um pai pela sua desaparecida filha de seis anos.

Premiado no
Festival de Cannes e candidato ao prémio Fassbinder, Alice é uma pedrada no charco e pode significar um novo fôlego da cinematografia nacional!

segunda-feira, novembro 21, 2005

Algarve (quase) Digital


No próximo dia 23, ao reunir em Tomar todos os projectos das Cidades e Regiões Digitais, a Interface pretende proporcionar um espaço de discussão e partilha.

O projecto Cidades e Regiões Digitais, financiado pelo POS_Conhecimento e a realizar até ao final de 2006, pretende desenvolver a Sociedade de Informação e do Conhecimento ao nível regional de forma a criar competências regionais aplicadas que criem valor económico para a região, aumentem a qualidade de vida dos seus cidadãos e promovam a competitividade das suas empresas e o seu desenvolvimento sustentado.

Além do desenvolvimento da
Sociedade de Informação e do Conhecimento a nível regional, o projecto prevê a implementação de medidas de articulação estratégica entre todos os actores relevantes do tecido socio-económico da região, gerando competências aplicadas que criem valor económico, aumentem a qualidade de vida dos munícipes e promovam a competitividade das empresas.

Para além de fazer o ponto da situação dos vários projectos, neste
encontro pretende-se promover uma discussão dos temas mais pertinentes, como os governos electrónicos locais, os portais regionais, as plataformas tecnológicas e as redes de comunicação; e partilha de experiências, competências e prioridades de cada um dos projectos e dos seus parceiros.

O
Algarve Digital vai ser representado pelo seu Coordenador Técnico, Kevin Ferreira, que abordará a temática das acessibilidades de banda larga e fará o balanço da viajem até ao momento de largar as amarras...

A ONU e a Internet



A 1 de Janeiro de 2004, abriu em Bruxelas (Bélgica) o Centro de Informação Regional das Nações Unidas (Regional United Nations Information Centre, RUNIC), que veio substituir os nove Centros existentes em igual número de Estados-membros da União Europeia.

Apesar do encerramento do Centro de Informação das Nações Unidas de Portugal, em 31 de Dezembro de 2003, o respectivo sítio na Internet mantém-se activo, embora muito desactualizado. Eis a razão porque frequentemente efectuamos as ligações para sítios em Inglês ou em Castelhano, eis a razão porque já subscrevemos a
petição lançada pelos Elos Clube das Comunidades Lusíadas na Conferência Internacional de Tavira para que o idioma português seja considerado língua oficial da ONU...

Para concluir, aqui estão as últimas sobre a
Cimeira Mundial sobre a Sociedade da Informação, que decorreu na semana passada em Tunes (Tunísia).

As competências do
ICANN (Internet Corporation for Assigned Names and Numbers), a entidade norte-americana que gere os domínios globais na Internet (.com ou .org), no âmbito da discussão em torno do excessivo papel dos Estados Unidos na governação da Internet e pela ligação desta entidade ao Departamento de Comércio norte-americano, foi um dos temas em destaque neste segundo encontro. Afinal, a discussão centrou-se na gestão da Internet!

domingo, novembro 20, 2005

A nossa língua merece o seu apoio!


Está a decorrer a recolha de assinaturas para apresentar uma petição para que o Português seja considerado Língua Oficial na Organização das Nações Unidas.

É fácil, é barato e merece a sua subscrição!

Por mais segurança nas estradas...




Neste domingo, celebra-se o Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada, aprovado pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas no passado 25 de Outubro.

A
ONU escolheu o terceiro domingo de Novembro por ser uma data muito próxima do 11 de Novembro, dia do Armistício da I Guerra Mundial, e da celebração em memória das vítimas da 2ª Guerra Mundial (segundo domingo de Novembro).

Simbolicamente pretende sublinhar que as estradas matam mais pessoas que a maior parte das guerras, provocando enormes danos pessoais e financeiros e os desastres rodoviários já são a nona causa de morte, a nível mundial...

Os números das vítimas de desastres rodoviários são reveladores: 1.2 milhões de mortos só no ano de 2004 e 50 milhões de feridos, entre os quais muitos milhões com incapacidades várias ou deficiências graves para o resto da vida.

Perante este cenário brutal, há
quem não se resigne e lute contra a apatia. Para parar a guerra civil que ensombra as estradas portugueses, há que unir esforços e aumentar a segurança de quem quer circular livremente e sem receios!