quinta-feira, outubro 09, 2008

"Esta pista não é para meninos..."


A comunicação social foi convidada para conhecer a nova pista do Autódromo Internacional do Algarve ao lado de Armindo Araújo, e logo com a nova "bomba" da Mitsubishi, o "novíssimo" Lancer Evolution X...


Conforme podem ver no trabalho do Expresso Multimedia numa perspectiva mais abrangente, a grande aposta da ParkAlgarv tem agenda cheia para 2009 e 2010. Concebida para ser uma das modernas pistas do mundo com um traçado que não deixa ninguém indiferente, Armindo Araújo e o AutoSport mostram-lhe os segredos do novo circuito!

No
Infordesporto, pode conhecer a descrição desta experiência e saber as últimas novidades... sobre a provável homologação da pista de Portimão pela FIA para a realização de provas de Fórmula 1!

2 comentários:

OBSERVADOR disse...

Autódromo do Algarve está quase pronto e pode receber teste da McLaren em Dezembro

in BARLAVENTO, 2008.10.11

O novo Autódromo Internacional do Algarve, nos arredores de Portimão, está praticamente concluído e acolhe em Dezembro um teste da escuderia de Fórmula 1 McLaren-Mercedes se for homologado pela Federação Internacional do Automóvel (FIA), que o inspecciona segunda-feira.

Integrado no Algarve Motor Park, cuja primeira fase representa um investimento de 115 milhões de euros - todo a cargo da empresa Parkalgar, que só se financiou na banca nacional -, o autódromo está praticamente concluído, a três semanas da inauguração.

A inauguração tem lugar a 02 de Novembro, com três provas de motociclismo - dos Mundiais de Superbikes e Supersport e da Superstock FIM Cup -, mas tudo tem de estar pronto quatro dias antes, pois as motos começam a rodar em 30 de Outubro.

Hoje é dia da inspecção da Federação Internacional de Motociclismo (FIM) e o presidente-executivo da Parkalgar está confiante: “Pensamos que não vai haver qualquer problema”, disse Paulo Pinheiro à Agência Lusa, referindo-se às vistorias da FIA e da FIM.

“O autódromo está quase concluído. Estamos a fazer as instalações especiais e os acabamentos exteriores. A pista está completamente concluída. No dia 30 vai estar tudo pronto”, garantiu.

Segundo Paulo Pinheiro, “devem ter passado cerca de 10.000 pessoas” pela obra durante os oito meses que esta demorou a erguer, havendo agora perto de 2.300 a trabalhar no empreendimento durante 15 ou 16 horas por dia.

“Só foi possível fazer isto em oito meses devido à entrega total das pessoas que estão aqui e das empresas que colaboram connosco, a Gabriel Couto/Monte Adriano, a Hagen, a PT/Siemens e a Daikin. Empresas nacionais extremamente empenhadas”, frisou.

Se o circuito, está praticamente concluído, os acessos ainda parecem algo atrasados, mas o presidente-executivo da Parkalgar assegura que também estarão prontos no dia 30, incluindo a via rápida que vai ligar o Algarve Motor Park à A22, no nó da Mexilhoeira Grande.

Para a inauguração já está vendida “35 ou 36 por cento” da lotação (cerca de 30.000 bilhetes), mas Paulo Pinheiro sublinhou que 70 por cento dos ingressos foram comercializados na Grã-Bretanha e em Espanha, havendo mesmo “voos ‘charter’ específicos de Inglaterra para esta corrida”.

Com 75.000 lugares sentados em várias bancadas e cerca de 10.000 lugares em peão, o Autódromo Internacional do Algarve possui uma pista com 4.658 metros de perímetro e 14 de largura, que passa a 18 metros na recta da meta.

Por respeitar o relevo natural do terreno, a pista é uma “montanha russa” com vários desníveis, destacando-se de forma particular dois autênticos “mergulhos”, o mais vertiginoso dos quais com uma inclinação de 17 por cento.

Para 2009 estão garantidas três importantes provas internacionais, uma de motos e duas de automóveis: Mundial de Superbikes, A1GP (12 de Abril) e 1.000 km do Algarve, do campeonato de resistência Le Mans Series (02 de Agosto).

A ocupação do autódromo está mesmo “acima das expectativas” dos responsáveis da Parkalgar: “Estamos muito satisfeitos com a ocupação que já está prevista, apesar dos factores que actualmente condicionam a economia mundial”, referiu o seu presidente-executivo.

Quanto à Fórmula 1, Paulo Pinheiro reafirmou que a realização de uma prova do Mundial tem de resultar de uma “decisão política”, mas admitiu que um teste privado da McLaren-Mercedes, em Dezembro, apenas “depende do resultado da inspecção da FIA”.

O MotoGP não é, no entanto, um objectivo para a Parkalgar: “Não estamos interessados. Está no Estoril e ficará no Estoril enquanto houver contrato”, sublinhou.

Paulo Pinheiro admitiu, por outro lado, que a Parkalgar e a A1GP estão “muito próximos de um acordo” que permita transferir para o Algarve Motor Park a sede da Taça do Mundo de Automobilismo criada pelo luso-sul-africano Tony Teixeira, actualmente baseada em Inglaterra.

Este acordo “seria muito importante” porque criaria cerca de 600 postos de trabalho no parque tecnológico - um dos projectos da segunda fase do Algarve Motor Park -, ao transferir para ali toda a estrutura do A1GP, incluindo as instalações onde são montados e reparados os monolugares.

O Algarve Motor Park vai ocupar uma área de 300 hectares, sendo construído em duas fases: a primeira, a concluir em Agosto de 2009, inclui o autódromo, um kartódromo e uma pista de todo-o-terreno, enquanto a segunda integra o parque tecnológico, um complexo desportivo e um resort turístico.

O resort já está a ser construído pela Parkalgar e vai ser entregue à cadeia hoteleira Radisson em Agosto de 2009, sendo composto por um hotel de cinco estrelas (com 200 quartos e SPA) e 160 apartamentos turísticos.

Além do A1GP, Paulo Pinheiro disse que a Parkalgar está neste momento a discutir os contratos finais com as empresas” interessadas na ocupação do parque tecnológico.

LUSA, 11 de Outubro de 2008 | 11:54

Observador disse...

Autódromo do Algarve aprovado pela Federação de Motociclismo

in Público, 12.10.2008 - 18h41 Lusa

A Federação Internacional de Motociclismo (FIM) aprovou ontem o Autódromo do Algarve, novo circuito nos arredores de Portimão, que será vistoriado amanhã pela Federação Internacional Automóvel (FIA) e poderá receber testes de Fórmula 1 em Dezembro.

A homologação da nova pista permanente portuguesa pela FIM permitirá à empresa Parkalgar, promotora do projecto, organizar no Autódromo do Algarve o primeiro evento desportivo, a última etapa do Campeonato do Mundo de Superbikes, de 31 de Outubro a 2 de Novembro. "É o culminar de um excelente trabalho que tem vindo a ser desenvolvido nos últimos meses. Tenho de estar satisfeito por termos conseguido este aval, que nos vai permitir inaugurar o circuito com a prova do Mundial de Superbikes", disse Paulo Pinheiro, presidente-executivo da Parkalgar.

Para a inauguração do circuito já estão vendidos cerca de 30.000 bilhetes, correspondente a 30 por cento da lotação, sendo que 70 por cento dos ingressos foram comercializados na Grã-Bretanha e Espanha. Fazendo votos de que o circuito "venha a ser espaço onde acontecem grandes eventos", Paulo Pinheiro salientou que "todos os passos têm sido pequenos sonhos tornados realidade", ficando na expectativa da provação por parte da FIA.

Se o organismo que superintende o desporto automóvel internacional emitir parecer favorável à pista algarvia, Paulo Pinheiro admitiu a realização, em Dezembro, de um teste privado de Fórmula 1 da McLaren-Mercedes. Em 2009, o circuito receberá três provas internacionais, uma de motociclismo e duas de automobilismo: Mundial de Superbikes, A1GP (12 de Abril) e 1000 km do Algarve, referente ao campeonato de resistência Le Mans Series (2 de Agosto).

O Autódromo do Algarve, com um traçado com vários desníveis e de 4658 metros de extensão, dispõe de 75.000 lugares sentados em várias bancadas e cerca de 10.000 em peão. O circuito está inserido no Algarve Motor Park, uma área de 300 hectares, que integra, numa primeira fase, o autódromo, um kartódromo e uma pista de todo-o-terreno, enquanto a segunda compreende o parque tecnológico, um complexo desportivo e um restor turístico.