terça-feira, abril 10, 2007

Uma algarvia em Nova Iorque


A vencedora do 2.º Prémio Fernando Távora, promovido pela Secção Regional do Norte da Ordem dos Arquitectos, foi dada a conhecer ontem em Matosinhos, distinguindo Sílvia Benedito que apresentou um trabalho inédito sobre urbanismo colonial português...

Algarvia de Silves, Sílvia Benedito, com 35 anos de idade, arquitecta actualmente a residir e a trabalhar em
Nova Iorque, foi aluna de Fernando Távora na Universidade de Coimbra e tem um mestrado obtido em Harvard University Graduate of Design.

O seu projecto "Quadrícula Emocional: Um Urbanismo Híbrido entre Natureza e Arquitectura nas Cidades Atlânticas Portuguesas do Século XVI" foi declarado vencedor por unanimidade pelo júri do prémio, presidido pelo ex-Presidente da República Jorge Sampaio, que justificou a decisão por considerar que "abre perspectivas de leitura inovadoras do urbanismo português".

No próximo Verão, os seus conterrâneos terão a oportunidade de apreciar alguns dos seus
trabalhos no âmbito da exposição Habitar Portugal 2003/2005, numa galeria perto de si...

PS - Mais informações sobre o paradeiro actual de Silvia Benedito!

1 comentário:

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Beijokas........

      ¨`*• (¨`•.•´¨) ♡ .•*´
      ¨`*• .`•.¸(¨`•.•´¨) ♡ .•*´
      ¨`*• ♡ × `•.¸.•´