quarta-feira, abril 11, 2007

Não concorda, mas...


O Presidente da República promulgou a lei da interrupção voluntária da gravidez, aprovada na Assembleia da República pelos partidos da esquerda e por 21 deputados do PSD...

Contudo, segundo a
TSF, Cavaco Silva tornou pública uma mensagem onde fala num «conjunto de matérias que devem merecer uma especial atenção» e a ter em conta na respectiva regulamentação.

Enfim, não concorda, mas soube respeitar a vontade manifesta dos portugueses e da maioria parlamentar!

1 comentário: