domingo, abril 01, 2007

Tri-Campeão convence no Algarve



Vencendo 11 das 18 classificativas do Vodafone Rally de Portugal'2007, agora de regresso ao calendário da FIA WRC, o francês Sebástien Löeb mostrou porque é o mais eficaz piloto de sempre...

As classificações da prova estão
aqui. Porém, atrevemos-nos a dar CINCO ESTRELAS à organização do ACP Motorsport e das inúmeras entidades que colaboraram na concretização do sonho de muitos de nós!!!

NOTAS ADICIONAIS - Como resultado do trabalho dos 500 profissionais de comunicação social acreditados, centenas de notícias sobre os resultados finais do Rally de Portugal de 2007 na Internet, milhares de horas de imagens e sons nas 200 televisões e nas inúmeras rádios que seguiram a prova e inúmeras páginas nos jornais que podem ser consultados no Quiosque do Mundo!!!

1 comentário:

OBSERVADOR disse...

Carros da Ford penalizados

in Observatório do Algarve, 02-04-2007_11:25:00


FIA penalizou também a organização do Rali de Portugal em 50 mil euros por causa do acidente que envolveu Armindo Araújo.

Sébastien Loeb (Citroen C4 WRC) é o novo líder do Mundial, depois de a organização do Rali de Portugal ter penalizado sete pilotos em cinco minutos, entre eles o até então comandante, Marcus Gronholm.

O piloto nórdico da Ford e o seu colega de equipa e compatriota Mikko Hirvonen, assim como Jari-Matti Latvala, Henning Solberg, Matthew Wilson, Gareth McHale, todos ao volante de Ford Focus WRC, e o português Rui Madeira, em Mitsubishi Lancer EVO IX, foram penalizados por terem infringido o regulamento técnico, devido uma menor espessura nos vidros traseiros dos carros.

Com esta penalização, Gronholm caiu do segundo para o quarto posto da geral, somando apenas cinco pontos, pelo que Loeb, vencedor do Rali de Portugal, quinta prova do Mundial, ascendeu ao comando do campeonato de pilotos com um ponto mais que Gronholm (38 contra 37), segundo classificado.

Por seu turno, Hirvonen, terceiro no final do rali, desceu para a quinta posição, mas manteve a terceira posição no Mundial, embora com menos oito pontos que o francês da Citroen.

Após a penalização imposta aos pilotos da Ford e a Rui Madeira, que cedeu o lugar de melhor português a Bruno Magalhães, líder do nacional de ralis, Petter Solberg (Subaru Impreza WRC) ascendeu do quarto para o segundo posto e o espanhol Daniel Sordo (Citroen C4 WRC) do quinto para o terceiro.

Multa devido a acidente

A Federação Internacional do Automóvel (FIA) também multou a organização do Rali de Portugal em 50 mil euros por causa do acidente de Armindo Araújo. A FIA analisou as imagens captadas a partir do interior do carro do piloto português e também as fotografias tiradas no momento. Os comissários registaram a ausência de fitas para interditar a zona onde se deu o acidente da passada quinta-feira.

Regresso em 2008 está em cima da mesa

Apesar do acidente, os observadores da FIA ficaram satisfeitos e fizeram “elogios à organização do Rali de Portugal”, segundo o presidente do Automóvel Clube de Portugal (ACP), entidade organizadora da prova portuguesa.

Carlos Barbosa disse ontem aos jornalistas que, pelas conversas que manteve com os representantes do organismo internacional, “o Rali de Portugal deverá estar no calendário de 2008”.

O responsável diz ter recebido “os maiores elogios da FIA”, nomeadamente sobre a “nova fórmula do rali, com a estrutura toda montada num estádio”.

Barbosa revelou também no final da prova portuguesa que terão assistido ao rali perto dos troços “cerca de 700 mil pessoas”.

Para os espectáculos dentro do estádio foram vendidos cerca de 26 mil bilhetes na quinta-feira e 28 mil no domingo, apesar de o recinto não ter tido as bancadas repletas.