segunda-feira, dezembro 15, 2008

Autárquicas'2009 começam a mexer (2)


Independentemente das origens político-partidárias, a generalidade dos gestores públicos fazem uma gestão calculista dos orçamento, rentabilizando eleitoralmente cada cêntimo disponível...

De igual forma, salvo raras e felizes excepções, a elaboração e a aprovação dos planos de investimento e dos orçamentos são feitas no conforto dos gabinetes e a aplicação do princípio da gestão participada limita-se à entourage mais próxima. Pior, no caso dos executivos municipais, em certas situações, os membros dos partidos da oposição
nem sempre recebem atempadamente as propostas de forma a darem os seus contributos e sugestões.

Numa antecipação ao anúncio das
principais candidaturas autárquicas, o semanário Barlavento efectuou uma análise daqueles documentos previsionais e considera que a conclusão de obras marca orçamentos camarários de 2009. Há poucas semanas atrás, enquanto a maioria nos órgãos municipais procurava justificar as opções, o PS-Tavira sublinhava a constante repetição das obras ano após ano...

Claro que há sempre bons exemplos de
dinamização da participação popular e de redução dos impostos e taxas municipais ou quem sublinhe soluções de futuro!

PS - O
Expresso de sábado passado garante que "Macário Correia é o candidato do partido a Faro", citando fontes da direcção nacional do PSD. Se for verdade é um grande desafio para a sua liderança local. As declarações de amor eterno a Tavira podem fazer parte do passado!

6 comentários:

Anónimo disse...

Se Macário for para Faro, tanto ele como o PSD/Tavira vão receber o castigo dos desertores.

Serão fuzilados na praça pública nas próximas eleições autárquicas!!

A história ensinou que o povo não perdoa deserções e castiga severamente estas situações.

Anónimo disse...

Está na hora de lançar uma sondagem sobre o sucessor do BigMac. Leitores do blogue, proponham nomes. Para além dos inefáveis vereadores, que tal colocar à votação os dois presidentes de Junta ou o pré-anunciado candidato Pedro do Nascimento?
Senhor moderador do blogue, atreva-se!

Albuquerque de Lima disse...

Apesar dos confrontos iniciais com António Costa devido à Lei das Finanças Locais, José Apolinário é o rosto da mudança da capital do Algarve.

Negociou com o Governo e com os privados para consolidar a capitalidade de Faro, é contra a entrega da Quinta da Penha aos especuladores imobiliários e defende o reforço da ligação entre a cidade e a Universidade.

Com ele, será concluída a variante Norte ligando o Aeroporto a Olhão com quatro faixas de rodagem, vai ser beneficiada a EN 125 e construída a nova ligação Faro-Via do Infante-São Brás de Alportel.

Substituindo-se à defunta AMAL, o Município de Faro vai avançar com o Metro de Superfície, que abrangerá os grandes concelhos do ALGARVE CENTRAL!

Melhor, com o programa Polis da Ria Formosa vai virar a cidade para o mar e apostar nas actividades náuticas, criando mais emprego e requalificando as zonas ribeirinhas.

Hoje, o Teatro Municipal de Faro tem o melhor cartaz de actividades culturais da região, o Estádio do Algarve vai voltar a receber o WRC em dose dupla e já ninguém pára o Museu de Arte Contemporânea, espaço privilegiado de animação da Cidade Velha.

Para não ir mais longe, a aposta nas pessoas, na educação, na habitação social e na conclusão de infra-estruturas básicas adiadas à décadas é um sinal da nova capacidade de intervenção do Município e da reestruturação das políticas locais.

Os farenses devem estar orgulhosos do seu Presidente. José Apolinário prometeu em 2005 que Faro ia mudar e hoje é rosto mais visível dessa MUDANÇA TRANQUILA!

Anónimo disse...

Que FARO O LEVE PARA, BEM LONGE DE TAVIRA. E JÁ AGOR QUEA LEVE A TAVIAR VERDE E TAL ADVOGADO TESTA DE FERRO ... AS SONDAGEMS NÃO SÃO BOAS E O BIG MAC VAI MARCHAR... PARA EM FARO ENGANAR.ALÁ É GRANDE, QUE LEVE ESTE PALAHAÇO PARA BEM LONGE !!!

asm disse...

Disseram-me agora que são sete cães a um osso. O Big Mac não quer saír de cima(por enquanto...), a Vice não ata nem desata, o futuro ex-presidente da Junta não queria mas já quer, o vereador despromovido também não diz que não e já tem comité de apoio, o empreiteiro/agricultor/cavaleiro/banqueiro tem muitos apoios mas não está para brincadeiras e, finalmente, há dois desaparecidos que estão apostados no regresso por cima. Confirma-se esta confusão?

JG. disse...

1. Agradeço encarecidamente aos nossos visitantes/comentadores que moderem as expressões sobre as personalidades citadas nas entradas do blogue ou nos demais comentários, de forma a garantir a continuidade das vossas observações e sugestões.
2. Quanto ao desafio apresentado para avaliar um possível sucessor do actual PCM de Tavira, a administração do blogue está a efectuar diligências para saber que são os potenciais candidatos a candidatos, embora o último comentário sugira alguma divisão de opiniões. Como os prazos para a apresentação dos candidatos não são coincidentes, pode ser que avancemos brevemente com as consultas sobre os nomes da área do PSD, ok?
3 - E os demais leitotes, têm sugestões? Obrigado pelos contributos!