quarta-feira, outubro 31, 2007

Os blogues e... Tavira (124)


"Neste dia partimos frente ao Hotel Vila Galé em Tavira, nas nossas btt iniciámos o percurso junto ao Rio Gilão e subimos para norte até à Serra..."

Mais Simplex não podia ser...


O Conselho de Ministros aprovou uma Proposta de alteração à Lei do Serviço Militar que visa isentar o cidadão do dever de se apresentar ao recenseamento militar no mês de Janeiro do ano em que completa 18 anos...

Com esta medida, integrada no Simplex 2007, o recenseamento militar passa a processar-se apenas entre os organismos e serviços do Estado competentes, simplificando-se o processo para o cidadão e garantindo uma redução de custos para o próprio Estado...

Segundo o
Comunicado, tem novidades sobre mobilidade na Administração Pública, segurança nos táxis e na utilização de cosméticos, entre outras coisas interessantes!

Mais serviço público...


Complementando o serviço público que prestamos à comunidade, começamos hoje a publicar os documentos municipais que se encontram em processo de consulta pública...

Para todos quantos utilizam as instalações desportivas municipais, recomendo-vos a leitura do
Regulamento Municipal de Gestão, Utilização e Cedência das Instalações Desportivas Municipais, aprovado pela Assembleia Municipal de Tavira em 18 de Junho e que se encontra em discussão pública nos próximos trinta dias úteis.

Os interessados podem, dentro daquele prazo, dirigir por escrito à "Câmara Municipal as sugestões que reputem por adequadas."

As alterações ao Regulamento "entrarão em vigor no dia útil imediatamente a seguir ao término do prazo de 30 dias se nenhuma sugestão de alteração for apresentada e aprovada pelos órgãos municipais competentes."

Sejamos sérios!


No contexto do PRACE - Programa de Reestruturação da Administração Central do Estado e da reforma dos laboratórios públicos, foi criado o Instituto Nacional dos Recursos Biológicos, I. P. (INRB, I. P.), previsto na Lei Orgânica do Ministério da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas...

Sucedendo ao INIAP (resultante da fusão do INIA e IPIMAR em 2002), ao Laboratório Nacional de Investigação Veterinária e absorvendo as funções de investigação da Direcção-Geral de Protecção das Culturas, o INRB, I.P. que tem por missão a prossecução da política científica e a realização de investigação de suporte a políticas públicas orientadas para a valorização dos recursos biológicos nacionais, na defesa dos interesses nacionais e na prossecução e aprofundamento de políticas comuns da UE.

Recorde-se que o
INIAP - Instituto Nacional de Investigação Agrária e das Pescas, resultou da fusão do INIA - Instituto Nacional de Investigação Agrária com o IPIMAR - Instituto de Investigação das Pescas e do Mar, na sequência e nos termos previstos na Lei n.º 16-A/2002, de 31 de Maio. Sejamos sérios, o INIA e o IPIMAR foram extintos em 2002 pelo Governo PPD/PSD-CDS/PP liderado por Durão Barroso!

Dotado de uma estruturas descentralizada, o INRB, I.P. tem sede em Lisboa e pólos de actividade em diversos pontos do país. No interesse do algarvios, registe-se a manutenção de Carlos Monteiro (presidente do IPIMAR até 2002) como vogal do Conselho Directivo e que o departamento de investigação científica das pescas e dos recursos marinhos ficará sedeado em Olhão, rentabilizando as instalações e os recursos humanos existentes e perspectivando um desenvolvimento crescente das parcerias já existentes com a Universidade do Algarve, outros organismos públicos e com associações e empresas do sector. Esperamos para ver...

Independentemente do enorme potencial do mar português e dos projectos previstos para esta área, a evolução negativa da actividade agrícola e a redução da sua importância na economia nacional acabou por traduzir-se neste resultado!

Agradecidos!


A gerência da Terra do Sol agradece a todos quantos contribuiram para que voltássemos a bater o nosso record de visitas e de páginas vistas no mês de Outubro. A vossa confiança aumenta a nossa responsabilidade!

terça-feira, outubro 30, 2007

Os blogues e... Tavira (123)


Uma história de ricos e pobres, de querer ir sempre mais longe e de... não conhecer fronteiras ou limites!

Não será necessário acelerar?!


A maioria dos inquiridos no Barómetro DN/TSF/Marktest dá nota negativa às reformas levadas a cabo pelo Governo em diversas áreas, com 55 por cento a considerá-las «más» ou «muito más»...

Recorde-se que o mesmo barómetro, conhecido na sexta-feira,
revela uma descida das intenções de voto no PS e uma subida acentuada do PPD/PSD. Note-se que entre os que mais criticam estas reformas, predominam "as mulheres, os residentes no Litoral Centro e os pertencentes à classe alta". Será também o fascínio de Menezes?

Entre os apoiantes das medidas do Governo, cerca de 35 por cento, estão "os homens e os da classe etária até aos 34 anos, bem como os da classe média", antecipando talvez um novo quadro de expectativas a médio e longo prazo. Questiono-me se serão as reformas que estão a incomodar os portugueses ou, por outro lado, os resultados que teimam em tornar-se palpáveis?!

Na peso da Administração Pública, no funcionamento da Justiça, no relacionamento entre as empresas e o Estado (nomeadamente no cumprimento dos prazos de pagamento dos compromissos assumidos por parte das autarquias locais e de outros entes públicos), na retoma do investimento público ou no crescimento económico (menos dependente do Estado) não há uma tendência de mudança que seja sentida pelo cidadão comum. Mais do que as reformas, são os resultados que tardam aquilo que aflige realmente os portugueses!

Andamos todos preocupados com fait-divers e não conseguimos distinguir o trigo do joio!

Marca social com cheiro a... foguetório!


O ministro do Trabalho e Solidariedade Social anunciou que até ao fim de 2008 serão construídos 589 equipamentos sociais com um total de 35 mil vagas, das quais cerca de 15 mil lugares de creche...

Segundo Vieira da Silva, citado pelo sítio
Dinheiro Digital, as construções serão asseguradas no âmbito do PARES (programa de alargamento da rede de equipamentos sociais), que para o próximo ano tem orçamentado 56,3 milhões de euros.

Para glória do Governo e dos senhores autarcas, espera-se que os prazos previstos sejam cumpridos... em ano de eleições!

segunda-feira, outubro 29, 2007

Os blogues e... Tavira (122)


"Ao fim de uns quantos anitos fora da minha terrinha a tempo inteiro, parece que agora vou mesmo assentar arraiais por cá... e descobri um clube de leitura!"

domingo, outubro 28, 2007

Os blogues e... Tavira (121)


Notícias da assinatura dos 39 contratos referentes à segunda fase do MODCOM no Algarve, com algum investimento e... uns quantos empregos!

Naturalmente, o 28.º membro da UE...


A União Europeia atribuiu esta semana a Cabo Verde um estatuto de parceria especial, uma importante conquista das autoridades cabo-verdianas que permitirá ao país e ao seu povo receber fundos e apoios comunitários para o seu desenvolvimento...

É reconhecimento internacional do trabalho desenvolvido pelo Governo de José Maria das Neves, pelo bom desempenho democrático e económico de
Cabo Verde. Igualmente, deve ser entendido como um estímulo aos demais países africanos de língua oficial portuguesa para intensificarem as suas relações com o maior bloco económico mundial!

A aproximação de Cabo Verde à UE corresponde a uma visão estratégica da política externa de José Maria das Neves, a qual tem vindo a ser desenvolvida com muita tenacidade e rigor. PARABÉNS
!

sábado, outubro 27, 2007

Os blogues e... Tavira (120)


Terminou a recolha de opiniões dos visitantes do "Faro este" relativamente ao hipotético candidato PSD à Câmara de Faro!

(in)Directas?


A recente eleição do Presidente do PSD recolocou na agenda política o debate sobre o processo de escolha dos líderes nos partidos políticos democráticos...

De um lado, somam-se argumentos a favor das “directas”, do outro lado, erguem-se razões a favor dos “congressos”. Responsável pelas propostas do Partido Socialista que estiveram na origem das novas regras de funcionamento da Assembleia da República, o deputado António José Seguro apresenta alguns
contributos para a reflexão sobre a eleição dos líderes partidários. A ler...

sexta-feira, outubro 26, 2007

Os blogues e... Tavira (119)


Ainda dizem que há quem ganhe pouco e... não tenha a solidariedade do povo!

O tempo que temos...


Pode não parecer muito, mas 60 minutos fazem uma grande diferença e ter efeitos nefastos na saúde a longo prazo...

Tudo porque o relógio biológico não se acerta tão facilmente como os ponteiros dos outros relógios, que vamos atrasar 60 minutos na madrugada do próximo domingo, assim como as demais 1.6 mil milhões de pessoas que a tal estão sujeitas duas vezes por ano, na Primavera e no Outono.

Um novo
estudo, publicado na edição on-line da revista científica Current Biology, conclui que o nosso organismo não se adapta facilmente à alteração da hora legal e questiona se esse desfasamento nos ritmos naturais de acordar e adormecer não terá consequências a longo prazo. De qualquer forma, previna-se!

Tinha que acontecer...


Na edição de Outubro, o PS e o PSD surgem praticamente empatados no Barómetro DN/TSF/Marktest, os sociais-democratas subiram oito pontos percentuais, ao passo que o PS que caiu cinco pontos...

Num estudo realizado após a eleição de Luís Filipe Menezes como líder do PSD, segundo a
TSF, o PSD registou um dos seus melhores resultados dos últimos dois anos, ao passo que o PS, numa altura em que teve de enfrentar a mega-manifestação do Parque das Nações, registou o seu pior resultado neste período.

"Terá sido do efeito novidade?" questiona-se o
Diário de Notícias, sublinhando que só "os próximos meses confirmarão - ou não." De qualquer forma, as sondagens nunca foram favoráveis a Marques Mendes e, sob a sua liderança, o PSD nunca quebrou a barreira dos dez pontos de diferença e agora regista-se um empate técnico!

O desgaste socialista era esperado há muito, mas os números teimavam em contrariar aquilo que sentia nas conversas quotidianas. Sócrates tomou muitas medidas difíceis e impopulares, afectou interesses instalados e atacou corporativismos inatingíveis. Depois da Europa, estamos certos que regressará a Portugal!

quinta-feira, outubro 25, 2007

Os blogues e... Tavira (118)


De quando em vez, aparecem umas preciosidades destas espalhadas no meio da... estrada!

No Ano da Igualdade...


O Conselho de Ministros de 25 de Outubro aprovou a regulamentação do sistema de avaliação de desempenho dos docentes da educação pré-escolar e dos ensinos básico e secundário...

Tal como os restantes funcionários públicos, a avaliação dos professores «vai ter três dimensões distintas»: uma «ficha de auto-avaliação elaborada por cada um dos professores em exercício»; um «processo de avaliação desenvolvido pelo professor titular coordenador do departamento disciplinar, que avaliará o desenvolvimento das aulas, os materiais pedagógicos produzidos e a relação do docente com os alunos»; e «a avaliação feita pelos conselhos executivos, que, entre outros aspectos, aferem a participação dos docentes na vida da escola, ou os graus de responsabilidade e de assiduidade demonstrados por cada professor ao longo do período lectivo», revelou a ministra da Educação.

Segundo o
comunicado do costume, foram estabelecidos igualmente o regime da utilização dos recursos hídricos, o regime de protecção jurídica a que ficam sujeitas as designações do Campeonato da Europa de Futsal 2007 e uma proposta relativa à Convenção sobre a Patente Europeia, a apreciar oportunamente pela Assembleia da República. Parece pouco, mas deu muito trabalho... aos Directores-Gerais!

A reforma da Europa


A aprovação do Tratado Reformador da União Europeia pelo Conselho Europeu é uma vitória de José Sócrates, de Portugal e da União Europeia. Contra os mais pessimistas, venceu a tradicional determinação lusitana de ir mais longe e marcar novas fronteiras…

Apresentado como um marco histórico no processo de construção europeia, o Tratado de Lisboa (que será assinado no palco dos Jerónimos antes do Natal) substitui a malograda Constituição Europeia, mantendo mais de noventa e cinco por cento do seu conteúdo original, substituindo e integrando todos os tratados anteriores e encerra de forma marcante as comemorações do 50.º aniversário do Tratado de Roma.

Há poucos meses atrás, exigia-se
aqui que José Sócrates não nos deixasse mal na fotografia ao longo dos seis meses da Presidência portuguesa. Cumpriu com aquilo que se pedia e, para colocar a cereja no cimo do bolo, aguardamos pelo sucesso da cimeira Europa / África…

Com o Tratado de Lisboa, a Europa está mais forte e melhor capacitada para assumir um novo papel no diálogo internacional. Apta para substituir outras potências mundiais em decadência evidente e coesa na participação no quotidiano das instituições multilaterais, a União Europeia vai ter uma palavra a dizer na resolução da crise do Médio Oriente, no controlo dos mercados globalizados e no respeito pelos direitos humanos.

Porém, a construção da Europa deverá estar sempre nas mãos de todos os europeus. O sucesso do Tratado não pode afastá-los das grandes decisões sobre o rumo a seguir, os desafios que enfrentam os estados-membros ou os principais obstáculos e a forma de contorná-los no futuro. Haja referendo ou não, a participação dos cidadãos é fundamental para legitimar a União Europeia!

Parece que os grandes partidos já se decidiram pela aprovação do Tratado no âmbito parlamentar, esquecidos dos compromissos e das exigências anteriores, de maneira a evitar quaisquer surpresas negativas. De facto, a Constituição portuguesa permite essa opção, competindo à Assembleia da República ratificá-lo directamente ou convocar um referendo nacional.

Independentemente da deliberação que venha a ser tomada, compete exclusivamente à classe política explicar aos portugueses e aos demais europeus as vantagens e as limitações decorrentes do Tratado, bem como erradicar quaisquer dúvidas que os adversários da Europa teimam em semear. Dessa missão, de forma a controlar ímpetos mais nacionalistas e populistas, ninguém se pode eximir!

PS – Duzentos mil portugueses exigiram que José Sócrates coloque o mesmo empenho na governação do país que colocou na Presidência portuguesa da União Europeia. Esperemos que assim seja e alcance os mesmos resultados!

quarta-feira, outubro 24, 2007

Os blogues e... Tavira (117)


Pelas terras dos Cónios, ancestrais pré e proto-históricos de quem somos os representantes actuais, e que nos legaram as línguas que hoje falamos, de caravana...

Há quem não aprenda...



Pela segunda vez, a
Câmara Municipal de São Brás de Alportel volta a convidar os munícipes a participar num novo ciclo de Orçamento Participativo, partilhando com as populações o processo de elaboração do mais importante instrumento de planeamento e gestão do município...

Após a primeira experiência de Orçamento Participativo, em 2006, aquando da elaboração do ano seguinte, que contou com uma ampla participação dos são-brasenses, António Eusébio
garante que o Orçamento Participativo é um procedimento que veio para ficar, sublinhando que "desta forma, podemos planear e decidir melhor, um orçamento participativo implica um maior envolvimento de toda a comunidade, permite-nos estar mais atentos às várias realidades locais e aproxima este processo, que antes era uma tarefa de gabinete, da realidade concreta das populações." Felizmente, há quem aprenda e esforce-se por fazer sempre melhor!

Lamentavelmente não é este o procedimento adoptado na generalidade dos municípios algarvios, afastando os cidadãos da gestão pública e da resolução dos problemas locais. No passado, registaram-se algumas experiências interessantes, em Vila Real de Santo António ou Portimão, mas ficaram-se por aí...

Mostra-se urgente motivar os cidadãos para participarem activamente nestes pequenos actos da vida local, para aprofundarem o conhecimento sobre o quotidiano e a realidade autárquica e para darem os seus contributos e sugerirem soluções que lhes pareçam mais convenientes. Não seremos capazes?!

terça-feira, outubro 23, 2007

Os blogues e... Tavira (116)


Contendo artigos publicados nas melhores revistas, jornais e publicações comerciais, este sítio descobriu os segredos melhor guardados do Algarve...

Haja coragem!


As tarifas da água pagas pelos consumidores vão ter um limite mínimo e máximo e regras de cálculo fixadas pelas autoridades, num diploma que deverá estar aprovado até ao final do ano...

Segundo o ministro do Ambiente, citado pela
Lusa, ultrapassa-se assim a disparidade actualmente existente nos tarifários praticados pelo municípios. Apesar da lei das finanças locais proibir o fornecimentos de bens e serviços abaixo do preço de custo, muitos municípios continuam a praticar tarifas abaixo dos custos que suportam ou, noutros casos, acima do que custa a água fornecida em alta e os serviços associados ao fornecimento e distribuição.

Aplaude-se a coragem da decisão e apela-se aos autarcas para não fazerem demagogia com esta intervenção governamental que, sejamos coerentes, era desnecessária se houvesse coragem política para aplicar preços justos. Já agora, aguardamos pela necessária harmonização das tabelas de taxas e licenças municipais para evitar... alguns abusos inqualificáveis!

segunda-feira, outubro 22, 2007

Os blogues e... Tavira (115)


Inconstitucional, por fazer a apologia da doutrina fascista-nacionalista-salazarista, a Legião Patriótica vai resistindo...

domingo, outubro 21, 2007

Os blogues e... Tavira (114)


Se o Mestre Bandeira soubesse que o Papagaio Azul ia dar esta história... não o tinha vendido!

sábado, outubro 20, 2007

Os blogues e... Tavira (113)


Mais uma presença de Tavira na rede das redes, uma presença solidária e generosa...

sexta-feira, outubro 19, 2007

Os blogues e... Tavira (112)


De 26 a 28 de Outubro, Portugal recebe o XII ATELIER MINOM INTERNACIONAL, sendo que o programa complementar prevê uma deslocação à Costa Vicentina e ao Algarve, com passagem a confirmar por Tavira...

Alertas para comunicar?!


Até domingo, mais de 500 mil escuteiros e guias vão dar a volta ao mundo em 50 horas através da rádio e da Internet...

Integrada no Centenário do movimento criado por Baden-Powell, segundo o
Observatório do Algarve, esta actividade escutista celebra as bodas de ouro do Jamborree-no-Ar (JOTA) e é promovida pela Organização Mundial do Movimento Escutista (OMME), em parceria com as estruturas de cada país.

A novidade deste ano é a transmissão em
TVA (televisão de amador), iniciativa que a organização espera que atraia mais participantes visto que assim “se poderão a dar a conhecer melhor aos seus interlocutores”. Mais informações sobre o JOTA / JOTI no sítio do Corpo Nacional de Escutas!

Agora, sim...


Quem tentou aceder ao sítio do jornal Barlavento nos últimos dias, foi batendo "com o nariz na página"...

Problemas com a empresa que geria o domínio fizeram eclipsar vários sítios de referência, entre eles o do principal semanário algarvio. Agora, parece que estar tudo regularizado!

Será mesmo histórico?!


A aprovação na Cimeira de Lisboa da UE, do novo Tratado europeu, que substituirá a falhada Constituição Europeia, pode marcar o princípio do fim de uma das piores crises políticas do bloco europeu...

Segundo a
Visão, o acordo obtido esta madrugada "tem um lugar assegurado na história da integração europeia." No Guardian, Gordon Brown salienta que o acordo defende as regras básicas e preserva a soberania dos Estados. O espanhol El País realça o "desatascanço" das instituições europeias após sete anos de indecisões. La Repubblica salienta a conquista das pretensões italianas e polacas que estiveram quase a fazer soçobrar os intentos da Presidência portuguesa...

Com o apoio dos parceiros europeus e das instituições da UE, José Sócrates conseguiu um
compromisso sobre o Tratado Reformador da UE logo no primeiro dia da Cimeira de Lisboa, o que constituía a «prioridade das prioridades». Para quem enfrentou uma onda contestatória com duzentos mil manifestantes durante a tarde de ontem, foi mesmo "Porreiro, pá!"

quinta-feira, outubro 18, 2007

Os blogues... e Tavira (111)


Poucos dias após o anúncio da mudança (definitiva?) da Feira de São Francisco para o Centro de Exposições de Tavira, levanta-se uma questão interessante sobre a Feira de Santa Iria e a mobilidade em Faro...

Mais qualificação, melhor aplicação...


O Conselho de Ministros aprovou uma Resolução que enquadra as medidas de reforma da formação profissional acordadas com parceiros sociais, visando o aumento do acesso dos jovens e adultos a oportunidades de qualificação ao longo da vida e garantindo a relevância e a qualidade do investimento em formação, criando um quadro mais ajustado à aplicação dos fundos estruturais do QREN...

Segundo o
comunicado, o Conselho aprovou também o Sistema Nacional de Qualificações, criando o Quadro Nacional de Qualificações, o Catálogo Nacional de Qualificações e a Caderneta Individual de Competências. Vieira da Silva volta a mostrar serviço!

O resto (não) é paisagem!


(Publicado na edição de 18 de Outubro de 2007 do jornal POSTAL DO ALGARVE)

O Orçamento de Estado (OE) para 2008 volta a insistir na necessidade de continuarmos a manter uma política de rigor orçamental, visando a consolidação orçamental e a redução do peso da despesa e da dívida pública na economia nacional.

Na segunda linha dos objectivos de José Sócrates e dos seus pares surgem o apoio à revitalização das actividades económicas e à criação de emprego, em paralelo com a modernização da Administração Pública, que se arrasta sem efeitos visíveis e estruturantes.

Porém, no cerne das políticas governamentais, continua o apoio às famílias e aos cidadãos, de forma a reforçar a sua capacidade de participação no esforço colectivo de criação de riqueza, na modernização da sociedade portuguesa, no exercício da sua cidadania e na partilha das melhorias de bem-estar numa sociedade que se deseja “mais e mais progressiva”.

É evidente um esforço em áreas sociais fundamentais, na requalificação dos portugueses ou nos apoios à natalidade, traduzidas nos apoios fiscais às creches e às famílias com filhos com menos de três anos. Pode-se dizer que ainda é pouco, mas são sinais de uma vontade que não admite retornos!

No capítulo do investimento público, é cada vez mais difícil analisar o OE e controlar o cumprimento dos compromissos da Administração Central. Aquando da apresentação do OE’2007, defendi que os responsáveis políticos regionais deveriam garantir que os montantes atribuídos ao Algarve fossem aplicados na íntegra e justificar eventuais reforços dos fundos, através de projectos de âmbito regional.

Passado um ano, verifica-se que alguns dos projectos emblemáticos ainda não saíram do papel, embora outros já façam a diferença, tendo entrado ao serviço dos algarvios ou estejam em acabamentos. Não duvido que muitos dos investimentos até nem tenham relevância regional e ninguém dê pela sua falta, apesar de beneficiarem de forma evidente algumas comunidades concretas, mas todos sentimos a ausência da Loja do Cidadão de Faro, por exemplo…

Contudo, analisada a repartição regionalizada dos investimentos públicos, verifica-se que as verbas destinadas ao Algarve caem de 105 para 95 milhões de euros. Poucas são as obras de monta consagradas, destacando-se uma escola secundária em Albufeira (3,49 m.e.), o centro de saúde de Portimão (2,47 m.e.) ou as instalações terrestres do porto de pesca de Quarteira (2,08 m.e.). No plano supra-concelhio, espera-se que a barragem de Odelouca não pare, que o hospital Central do Algarve avance ou que a requalificação da EN 125 se concretize, embora não haja rasto da conclusão do IC27 ou de quaisquer avanços do IC4…

Cada vez é mais evidente a falta de uma liderança política efectiva da região, potenciada pelos avanços incipientes em matéria de descentralização e pela dependência crescente dos organismos desconcentrados das decisões emanadas de Lisboa. Não será tempo de mudar?!

quarta-feira, outubro 17, 2007

Os blogues e... Tavira (110)


Olá, sabem quem foi a tavirense que desencaminhou o Pedro Laginha?! Isto ainda não é uma revista "cor-de-rosa", mas para lá caminha...

terça-feira, outubro 16, 2007

Os blogues e... Tavira (109)


Como não conseguem nada com os grandes, atiram-se aos pequeninos. Parece ser de homem, mas não é...

Tristes e não só...


Nesta leitura do Congresso do PPD/PSD, parece que os tavirenses estão (e)ternamente suspensos dos humores de certo cidadão...

Na minha humilde opinião, não temos que ficar cativos das circunstâncias. Meu caro Vítor, um dia conversaremos mais sobre isto, está bem?

segunda-feira, outubro 15, 2007

Os blogues e... Tavira (108)


Não há nada como equipar e treinar adequadamente as forças e serviços de segurança, e levar as meninas da Tv a passear de barco (digo eu!), para que diminua num instantinho o sentimento de insegurança das populações!

domingo, outubro 14, 2007

Os blogues e... Tavira (107)


Num Instante Fatal, algumas recordações de Tavira e impressões de Torres Vedras...

sábado, outubro 13, 2007

Consequentemente...


Com a eleição / ratificação dos nomes propostos por Luís Filipe Menezes para as vice-presidências e vogais da Comissão Política Nacional, Mendes Bota substitui Macário Correia enquanto representante máximo do PPD/PSD no sul do País...

Para além daquelas que já havíamos suscitado, levantam-se agora novas questões. Que papel estará reservado para Mendes Bota no grupo parlamentar? E a liderança da Distrital laranja? Vai continuar a ser protagonizada por Bota ou este é rendido por Desidério Silva, que é eleito para a Mesa do Congresso?

Para além de Mendes Bota, que vê reconhecido o seu papel crucial na campanha de Menezes, aproveito para endereçar os PARABÉNS aos meus ex-professores Luís Fontoura e Fernando Reboredo Seara!

PS - Ao contrário de Marques Mendes, Macário Correia encontrou o caminho para Torres Vedras!

Os blogues e... Tavira (106)


O concelho de Tavira vai assinalar a Semana da Floresta do Algarve, que decorre de 22 a 26 de Outubro, com a apresentação do projecto Aceiro...

A luta continua!


Depois do anúncio da aplicação de portagens nas SCUT's em 2008, esta entrevista do presidente da CCDRA parece querer dizer mais qualquer coisa...

A ver vamos, até podemos aceitar as portagens na Vaa do Infante, mas para além da requalificação da EN125, mostra-se necessário desenvolver todo o sistema de acessibilidades e transportes públicos do Algarve, nomeadamente a requalificação da ligação ferroviária entre os principais pólos urbanos da região (eixo Portimão-Tavira, com ligações a Armação de Pêra, Albufeira, Quarteira, Loulé e Aeroporto). Até, continuaremos a pugnar para que o Algarve seja uma região livre de portagens!

Não podiam ser mais optimistas?!


O Governo apresentou a proposta de Orçamento do Estado (OE) para 2008, prevendo que o crescimento da economia fixe-se em 2,2 por cento e a taxa de desemprego consolide em 7,6 por cento...

Segundo a
TSF, "o ritmo de crescimento projectado para a economia portuguesa no próximo ano traduz uma revisão em baixa face à última previsão governamental, datada de Dezembro de 2006, que apontava para um crescimento de 2,4 por cento. Só que, apesar desta revisão em baixa, a economia portuguesa crescerá a um ritmo 0,1 pontos percentuais mais rápido do que a média da Zona Euro, que se prevê seja de 2,1 por cento", permitindo o regresso de Portugal ao processo de convergência com a Europa.

Apesar das boas notícias para os funcionários públicos, parece que nem toda a gente fica a ganhar, adivinhando-se um coro de protestos ao longo dos próximos tempos. Já agora, as expectativas não podiam ser mais optimistas?! O Governo, as empresas e os portugueses não poderiam concentrar os seus esforços e andar um pouco mais depressa?! Vá lá, se todos contribuirem, não vai ser difícil...

sexta-feira, outubro 12, 2007

Os blogues e... Tavira (105)


Efeitos da Ilha de Tavira e do novo subsídio à maternidade originam a melhor notícia do mês!

Apesar das dúvidas...


O antigo vice-presidente norte-americano Al Gore e o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas das Nações Unidas foram distinguidos com o prémio Nobel da Paz!

Será que George W. Bush e a sociedade americana compreenderam o recado?!

quinta-feira, outubro 11, 2007

Os blogues e... Tavira (104)


Tavira flutua ainda na manhã, baloiçando entre a frescura de ser dia e a preguiça de ser tarde, mas é precisamente neste limbo que me acedo a abandoná-la...

Mobilidade dinâmica...


Para além do OE'2008, o Conselho de Ministros aprovou uma proposta que altera a Lei n.º 53/2006, de 7 de Dezembro, estendendo o regime de mobilidade especial aos trabalhadores com contrato individual de trabalho, cria a protecção no desemprego de trabalhadores da Administração Pública e adopta medidas de ajustamento em matéria de aposentação dos subscritores da Caixa Geral de Aposentações...

Mais, segundo o respectivo
comunicado oficial, aprovou um conjunto de medidas de descongestionamento dos tribunais judiciais, introduziu alterações nos cursos artísticos especializados de nível secundário de educação e aprovou quatro resoluções que aprovam os Planos de Ordenamentos das Albufeiras das Barragens da Aguieira, Crestuma-Lever, Odivelas e Santa Clara, originando algumas modificações em planos de ordenamento do território das zonas envolventes. A ver!

Há um tempo para tudo…


(Publicado na edição de 11 de Outubro de 2007 do jornal POSTAL DO ALGARVE)

Nos últimos dias, dois importantes quadros do Partido Socialista vieram a público manifestar as suas preocupações sobre o estado actual da sociedade portuguesa, em geral, e do sistema político-partidário, em especial…


Ambos fizeram parte dos governos de António Guterres, em pastas com dimensões e recursos bastante diferentes, mas onde conseguiram fazer obra e deixar uma marca indelével.

Ambos, em datas e por motivos diferentes, deixaram as funções executivas e encetaram percursos paralelos, participando em combates políticos com fins e resultados diversos. Mesmo assim, nunca se desencantaram…

Quer Manuel Maria Carrilho (MMC), quer João Cravinho (JC), embora pertencendo a gerações distintas, constituem hoje importantes reservas morais do Partido Socialista e, apesar de desempenharem funções em organismos internacionais, mantém uma atenção permanente ao “estado das coisas” do rectângulo português.

Publicadas no Diário de Notícias sob o título Encruzilhadas do Reformismo, as três crónicas de MMC (A implosão partidária, expectativas e impasses e o novo impulso) demonstram-nos que vale a pena para... pensar!

Esperamos que haja quem perceba a mensagem, saiba ler nas entrelinhas e compreender os sinais apontados por MMC e que estão cada vez mais nítidos na sociedade portuguesa. Melhor, sabemos que há gente bem colocada que compreende perfeitamente o ex-ministro da Cultura e dar bom uso a esta reflexão de utilidade pública. Mais, as soluções de futuro apontadas por MMC merecem uma reflexão séria e uma intervenção integrada dos actores sociais!

Senhor de uma rara inteligência política e de uma capacidade de trabalho que não parece esgotar-se com o avançar da idade, JC deu uma entrevista à revista Visão onde agitou as águas. “Há anos que a governação (em Portugal) é neoliberal”, “tudo se passa como se não houvesse diferenças entre o PS e o PSD” ou “foi um dos maiores choques da minha vida o mal-estar que o debate da corrupção causou no PS” são algumas das frases que alarmaram o poder instalado e procuraram recentrar as atenções do PS no seu património ideológico.

Recorde-se que, em 2005, JC foi o cabeça de lista que conduziu o PS ao seu melhor resultado eleitoral de sempre no Algarve. Enquanto representou a região na Assembleia da República nunca deixou de interessar-se pelos anseios e problemas dos algarvios, de contribuir para o debate e reflexão nas estruturas partidárias e de concorrer para concretizar a agenda política definida para esta Legislatura. Outros nem tanto…

Há um tempo para tudo, que bom seria a multiplicação dos espaços de reflexão sobre o estado da nossa sociedade e que se incentivasse uma cultura de exigência e de participação, sem artimanhas nem ilusionismos, criando espaço para a intervenção dos mais habilitados para o exercício de funções públicas!

quarta-feira, outubro 10, 2007

terça-feira, outubro 09, 2007

Os blogues e... Tavira (102)


Se todos dermos um pequeno passo a nossa cidade ficará mais bonita. Os Tavirenses sempre lutaram pela sua terra...

segunda-feira, outubro 08, 2007

Os blogues e... Tavira (101)


«A chamada noite tavirense já não existe há muitos anos e fazendo uma ronda pelos bares e locais de diversão nocturna na cidade constata-se que os poucos que existem, alguns têm um ambiente que deixa muito a desejar...»

Todos sabemos isto, mas quando são
estes senhores a constatar esta realidade, a coisa ganha outra dimensão. Não há soluções?!

domingo, outubro 07, 2007

Os blogues e... Tavira (100)


A Duja/Tavira fechou a época velocipédica em alta, pena é que os "rankings" mandem a equipa para o 6.º lugar colectivo do ciclismo profissional em Portugal!

sábado, outubro 06, 2007

Os blogues e... Tavira (99)


Pouco a pouco, as gentes vão descobrindo a pólvora sobre esta e, espero eu, outras coisas...

sexta-feira, outubro 05, 2007

Os blogues e... Tavira (98)


Há Hobbies para todos os gostos, há quem adore fotografar "pedaços da natureza" e espelhar assim aquilo que lhe vai na alma...

quinta-feira, outubro 04, 2007

Os blogues e... Tavira (97)


Parece que vamos voltar a ter um derby no andebol algarvio, desta feita a contar para a Taça Presidente da República...

No Conselho de Ministros...


Realizado ontem, o Conselho de Ministros aprovou o Plano Nacional de Saúde Mental 2007-2016 com o objectivo assegurar o acesso equitativo a cuidados de qualidade, proteger os direitos humanos das pessoas, reduzir o impacto das perturbações mentais, descentralizar os serviços e integrar a prestação de cuidados no sistema geral de saúde, de modo a facilitar o acesso e a diminuir a institucionalização...

Por outro lado, aproximando-se 2010, foi criada uma estrutura organizativa das Comemorações do Centenário da República, que tem por missão preparar e organizar as comemorações do referido centenário da implantação da República, quedecorrerão entre 31 de Janeiro de 2010 e 5 de Outubro de 2010.

Mais novidades, no
comunicado do costume!

E podia ser noutro lugar?


(Publicado na edição de 4 de Outubro de 2007 do jornal BARLAVENTO - Frente & Verso)

A promoção da saúde sexual e reprodutiva dos indivíduos é um importante contributo para a sua formação pessoal e social e tem ganho um protagonismo crescente nos domínios da educação e da saúde, embora enfrentando resistências dos sectores mais conservadores e retrógrados da nossa sociedade.

Depois do espaço familiar, a escola é o principal responsável pela formação cívica e pessoal das crianças e jovens e, numa sociedade onde as temáticas da saúde – anorexia, bulimia, doenças sexualmente transmissíveis, obesidade, etc, etc, - e da pedofilia ganham importância diariamente, é fundamental que todos sejam preparados para enfrentar esse tipo de situações e de riscos.

E é nas escolas que devemos assegurar a formação dos agentes educativos, garantir a abordagem pedagógica de temas da sexualidade humana, fornecer o apoio às famílias na educação sexual e estabelecer os mecanismos de apoio individualizado e específico às crianças e jovens que manifestem tal necessidade. Haverá melhor lugar? Creio que não…

Aos docentes exige-se que sejam capazes de agir de forma adequada e coerente face às dúvidas e manifestações das crianças e jovens relativas à sua sexualidade e que efectuem a abordagem da temática numa lógica interdisciplinar, privilegiando o espaço da turma e respeitando as diferenças, e preventiva, antecipando comportamentos de risco e proporcionando aos alunos os necessários instrumentos de defesa.

Para tal, é igualmente fundamental envolver as famílias no processo de ensino e de aprendizagem, através de actividades específicas de formação dirigidas aos pais e encarregados de educação, ou dinamizadas por eles, valorizando as suas formações e experiências pessoais e profissionais.

No domínio individual, mostra-se crucial dar resposta às necessidades, levando os serviços de saúde para o interior da escola, em parceria com as autoridades sanitárias locais, e promovendo o adequado funcionamento dos Serviços de Psicologia e Orientação, dotando-os de recursos humanos capacitados.

Contudo, sabendo-se que a aprendizagem decorre essencialmente ao longo da observação do comportamento dos pais, professores e adultos em geral, face a inúmeras situações, e passa pelo grau de coerência entre as normas verbalizadas e as práticas realizadas, é fundamental que proporcionem condições às famílias para participarem no processo, em articulação com os professores, consolidando em casa os conhecimentos adquiridos na escola.

Questiono-me se a sociedade está preparada para este desafio? Hoje, com a atenção que os meios de comunicação social proporcionam a estas temáticas, não é fácil docentes e familiares exercerem as suas funções de forma preventiva.

Assim, sabendo-se que atitudes e comportamentos incorrectos entram permanentemente no quotidiano das crianças e jovens, será mais fácil e urgente prepará-los para enfrentar estes riscos. Mais uma vez, esta tarefa caberá às escolas que, muitas vezes sem meios nem recursos, vão mostrando como se podem fazer omoletas sem ovos!

E agora, José?


(Publicado na edição de 4 de Outubro de 2007 do jornal POSTAL DO ALGARVE)

A eleição de Luís Filipe Menezes para a liderança do segundo partido português e tradicional participante no processo executivo da República veio introduzir uma instabilidade indesejável nas forças da direita.

Conotado com a linha populista, o presidente da câmara de Vila Nova de Gaia ganhou uma batalha ao núcleo instalado há muitos anos nas estruturas nacionais do seu partido, perito em manobras dignas de qualquer bom trapezista e na arte de bem agradar ao líder do momento. Contudo, esta é igualmente a vitória da conjuntura e do descontentamento, potenciada pelo desastre eleitoral das autárquicas intercalares de Lisboa e pela incapacidade de Marques Mendes em inverter os números das sondagens.

Como sublinhou Mário Soares, qualquer Governo “precisa de uma oposição forte e estruturada, porque senão pode dizer que não há alternativas e que pode fazer o que quiser”. Será que o PSD liderado por Menezes e, ao que prevê, com Santana Lopes à frente de um grupo parlamentar composto maioritariamente por ex-membros do seu Governo vai fazer essa oposição e assumir-se como alternativa em 2009?

No caso específico do Algarve, Marques Mendes já tinha conquistado a antipatia das estruturas concelhias, sendo responsabilizado pela derrota eleitoral em Faro e por outras escolhas duvidosas, e dos militantes, insistindo na aplicação de portagens na Via do Infante e contrariando os ímpetos dos mais regionalistas. Como será com Menezes?

Neste processo eleitoral, em termos regionais, Mendes Bota conseguiu uma vitória sobre Macário Correia com números curiosos, vai levar uma delegação fortíssima ao Congresso e vai tentar colocar a regionalização na agenda do PPD/PSD. Numa segunda fase, vai querer reforçar a sua liderança através da conquista das concelhias que lhe dão menos favoráveis e escolher nas suas hostes candidatos às autárquicas que garantam a maioria na associação de municípios. Será que o discurso de pacificação interna vai produzir efeitos no Algarve?

Nesta fase, ganha maior projecção o processo de escolha do candidato à liderança do executivo municipal da capital do Algarve, com eleições marcadas para o Outono de 2009.

Até lá, há dois relevantes processos de alteração legislativa em curso – a eleição dos membros das autarquias locais, para o qual o Governo já tinha obtido o acordo de Marques Mendes, e a nova legislação das associações de municípios, que o futuro ex-líder do PSD não via com bons olhos –, que urge clarificar.

Se Marques Mendes afirmara já que a escolha estava feita, agora é necessário saber o que pensam do processo o novo líder do partido, os dirigentes das estruturas regionais e concelhias e os potenciais candidatos, sendo certo que o universo está bem delimitado. E agora, José?!

quarta-feira, outubro 03, 2007

Os blogues e... Tavira (96)


Opiniões, pentes, comentários, canivetes e disparates, para além de algumas historietas da vida real, é aquilo que se pode encontrar por debaixo da... gabardina!

Toda a verdade sobre Madeleine


Pela segunda vez, cinco meses depois da pequena inglesa eclipsar-se da Praia da Luz, vou abordar este caso que continua tão estranho como no primeiro dia...

Com a partida da família McCann para a Grã-Bretanha e com o afastamento dos principais rostos da Judiciária, parece que o processo está encerrado. Infelizmente, somos mesmo um país pequenino!

Faro'2020 - O futuro é já... ali!


Ao contrário de outros iluminados, o Presidente da Câmara Municipal de Faro decidiu convocar a sociedade civil da capital do Algarve para discutir o seu futuro e participar na construção da Agenda XXI local...

Segundo o
Região Sul, com o ciclo de “Conferências Faro 2020” a autarquia pretende desenvolver um conjunto de iniciativas “que lancem o debate local sobre os principais desafios com que Faro se depara, de modo a contribuir para que o processo de desenvolvimento urbano futuro vá ao encontro das expectativas e necessidades da população residente, contribuindo ainda para uma crescente atracção de visitantes.

Como sempre os "
velhos do Restelo", apesar de terem garantida a sua participação, queixam-se que o seu nome é utilizado abusivamente e já afirmaram que se trata de propaganda pré-eleitoral. Enfim...

PS - Já agora, se José Vitorino fosse convidado, recusaria?!

terça-feira, outubro 02, 2007

Os blogues e... Tavira (94)


Aqueles que adoram esta cidade e gostam de recomendá-la aos seus amigos de outras paragens, podem agora sugerir o Visit Tavira, nova denominação do TaviraLive...

The Boss is back...


O novo disco de originais de Bruce Springsteen e da E Street Band (...de regresso!) chama-se MAGIC e já está a rodar nas rádios...


Depois de um percurso pelo folk e bluegrass, The Boss regressa ao rock e mostra-nos os seus melhores atributos. A primeira canção forte do disco chama-se “Radio Nowhere” e é uma festa para os sentidos mais... saudosistas!

Tocá Rufar no Algarve


O Dia Mundial da Música ficou marcado pela inauguração da delegação dos Tocá Rufar em Tavira, onde vai ficar a base da formação musical itinerante e da futura Orquestra Tocá Rufar – Algarve...


Segundo o
Observatório do Algarve, o agrupamento liderado por Rui Júnior e sediado no Seixal vai arrancar com oficinas de percussão nas escolas de Tavira e Vila Real de Santo António, no âmbito de um processo de integração social mais vasto!

segunda-feira, outubro 01, 2007

Os blogues e... Tavira (93)


O que é que Tavira tem a ver com Maringá? Enquanto uns não vão ao Congresso do PSD, outros não têm muita vontade de ir...

E a Foupana?!


No Dia Internacional da Água, o ministro da Economia disse à agência Lusa que o Plano Nacional de Barragens identifica 10 locais para a construção de novas barragens nos rios Tua, Tâmega, Vouga, Mondego e Tejo...

Trata-se de um investimento total de 1.140 milhões de euros, que dará uma capacidade de produção de mais 1.100 megawatts a Portugal e para os quais já há vários
parceiros privados na corrida. E o Algarve?

Apesar das vastas potencialidades como reservatório estratégico de água e da fácil ligação às barragens de Odeleite e do Beliche e à Estação de Tratamento de Água de Tavira, percebo muito bem que o potencial energético das ribeiras da região não é muito e que o prevísivel grau de conflitualidade por razões ambientais seja elevado, mas não seria oportuno garantir a edificação da Barragem da Foupana?!

Ou será que o sistema do Sotavento vai ficar amputado deste elemento considerado em tempos fundamental e ninguém quer assumir esse facto?! Será que as coisas estão bem assim, que o sistema de abastecimento de água é totalmente eficaz, que as zonas agrícolas do Perímetro de Rega do Sotavento estão todas cobertas e já ninguém se lembra da seca de 2003?! Era bom que se dissesse já tudo para clarificar de vez as intenções do Governo!

PS - Finalmente, José Sócrates apresentou o Plano Nacional de Barragens, assegurando que que «precisamos de assegurar que, a médio e longo prazo, Portugal seja mais livre e uma nação menos dependente», ao mesmo tempo que «precisa de cumprir os seus compromissos internacionais em matéria de redução de emissões e de aposta nas energias renováveis, em que se encontra já no pelotão da frente da União Europeia». Quanto à Foupana, disse alguma coisa?

ALERTA LARANJA!


De acordo com a previsão do Instituto de Meteorologia, o território de Portugal Continental está a sofrer a influência da passagem de uma superfície frontal que irá provocar episódios de forte instabilidade nos distritos de Setúbal, Évora, Beja e Faro...

Consequentemente, o Instituto de Meteorologia emitiu Aviso Laranja para os distritos de Évora, Beja e Faro. Trata-se de uma situação meteorológica de risco moderado a elevado, sendo conveniente manter-se ao corrente da evolução das condições meteorológicas e seguir as orientações do
ANPC!

Ele está de volta...


O moncarapachense Rúben Faria está de volta aos triunfos, tendo deixado a concorrência a léguas no Rali de Marrocos. Pudera, estava a jogar em "casa"...